24.9 C
Piauí
17 de abril de 2021
Cidades em Foco
Geral Polícia

Governo do Piauí nomeia 68 policiais penais para integrar sistema penitenciário

PEC da Polícia Penal tramitava na Alepi desde fevereiro — Foto: Divulgação/Sinpoljuspi

O Governo do Piauí convocou 68 policiais penais aprovados no concurso público da Secretaria Estadual de Justiça (Sejus). A nomeação foi publicada no Diário Oficial nessa quinta-feira (25), após a assinatura do governador Wellington Dias (PT).

O ingresso de novos servidores, segundo o secretário estadual de justiça, Carlos Edilson, garantirá mais segurança aos visitantes e aos detentos, além de melhorar as condições de trabalho dos policiais penais.

“Esses servidores vão reforçar os quadros da Sejus e colaborar com a sociedade por meio da vigilância do sistema prisional, garantindo a ordem, a disciplina e também os direitos daqueles privados de liberdade”, comentou.

O certame

O edital do concurso público da Sejus foi lançado em 2016 com 400 vagas (360 na ampla concorrência e 40 pessoas com deficiência) para o cargo agente penitenciário, que hoje é denominado policial penal. A remuneração bruta é de R$ 5.966.

O certame foi direcionado para candidatos com nível superior completo em qualquer área e dividido nas seguintes etapas: provas escrita objetiva e escrita dissertativa; exame médico; exame aptidão física; exame psicológico; e investigação social.

Entretanto, na primeira etapa do concurso, houve a comprovação de um esquema de fraude na aplicação do certame e as provas foram anuladas e foram aplicadas novamente em março deste ano.

No dia da realização das provas, quatro pessoas foram presas com cola ou esboços de gabarito. Poucos dias depois, a Sejus decidiu suspender o certame até a conclusão das investigações policiais.

Fonte: G1-PI

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais