22.9 C
Piauí
29 de maio de 2020
Cidades em Foco
Geral Política

Governo do Piauí prevê redução de 30% na arrecadação após pandemia do coronavírus

Foto reprodução

Os documentos fiscais demonstram uma queda na arrecadação fiscal de 30% para o mês de abril no Piauí. Segundo o secretário de Fazenda do Piauí, Rafael Fonteles, a perda pode chegar em 50% no mês de maio, devido ao isolamento social e parte do serviços comerciais sem funcionar.

Para Rafael Fonteles, o estado tem como se segurar durante a crise, através de um contingenciamento dos gastos e mantendo os serviços públicos essenciais em funcionamento. Posteriormente, ele espera fazer um pacote de infraestrutura para reavivar a economia do estado.

“A prioridade do governador é manter o pagamento em dia, conforme o calendário. Com todo o esforço, de retirar tudo aquilo que não é essencial, também com os novos financiamentos, os estados que não emitem moeda possam financiar essa perda de arrecadação sem sofrer nenhum revés na prestação dos serviços públicos, principalmente na área da saúde, salários dos funcionários públicos e terceirizados”, disse.

O secretário informou que espera ajuda do governo federal. Segundo ele, o Congresso e na medida provisória garantiram que o Fundo de Participação dos Estados (FPE), que representa 45% da receita, deve ser recomposto com o valor do ano passado.

“Claro que haverá uma perda real, mas não uma perda nominal. Com relação a arrecadação de ICMS, temos duas saídas: novas operações de créditos e a suspensão do pagamento das dívidas”, comentou.

Fonte: G1-PI

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais