20.5 C
Piauí
16 de outubro de 2019
Cidades em Foco
Geral Política

Hospital Infantil tem déficit de R$ 500 mil; deputados estaduais vistoriam

A Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa do Piauí realizou vistoria no Hospital Infantil Lucídio Portela nesta segunda-feira  (01). Os deputados denunciam a estrutura precária do local e déficit mensal de R$ 500 mil.

O deputado Gustavo Neiva (PSB) afirma que as dificuldades financeiras prejudicam o atendimento aos pacientes. Ele pede respostas ao governo do Estado. “Tem uma deficiência porque o prédio é muito antigo e precisa urgentemente de uma intervenção. As enfermarias precisam de climatização, os pacientes estão mal acomodados e há deficiência de medicamentos. Há um déficit mensal de R$ 500 mil.  Se não corrigir esse problema, o déficit vai se acumulando e vai ter uma hora que vai entrar em colapso”, disse o deputado Gustavo Neiva.

A deputada Teresa Britto destacou a precariedade da estrutura do hospital. Segundo ela, a falta de climatização é um problema que se arrasta desde 2016. “Faltam alguns medicamentos para regularizar e ter um melhor atendimento. A climatização é um problema que se arrasta desde 2016. Nada mudou ainda e o governo não apresenta uma reforma”, disse.

Há a previsão da liberação de emenda de R$ 6 milhões do senador Ciro Nogueira para o hospital, mas de acordo com o diretor, Vinícios Pontes, a burocracia emperra o processo. “A emenda já se encontra na conta, mas segue o processo de licitação. O déficit sempre existiu e agora gira em torno de R$ 500 mil, mas governo tem mostrado interesse em resolver”, afirmou.

O líder do governo, deputado Francisco Limma, afirma que “o Estado tem 35 hospitais. Desses 20 estão em boa situação; 10 estão medianamente. Alguns passam por reformas e cinco têm mais dificuldades. O Hospital Infantil tinha recursos federais e alguns não destacaram. Passa por reforma e a Secretaria de  Saúde para destravar a burocracia. Em poucos dias teremos o hospital funcionando a pleno favor. Acredito que em pouco tempo será um hospital de referência”, declarou.

Fonte:Lídia Brito / CidadeVerde

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais