22.7 C
Piauí
24 de maio de 2019
Cidades em Foco
Economia Geral

IR: Guedes estuda acabar com deduções com saúde e educação

A arrecadação dos cofres públicos cairia entre R$ 50 bilhões e R$ 60 bilhões por ano se a tabela do Imposto de Renda for corrigida pela inflação, como prometeu o presidente Jair Bolsonaro (PSL). A informação é do ministro da Economia, Paulo Guedes.

Com a correção, mais pessoas entrariam na faixa dos isentos do imposto ou em alíquotas menores. O que Guedes não informou, no entanto, foi qual período de inflação ele considerou nesse impacto de até R$ 60 bilhões. Na audiência pública da Comissão Mista de Orçamento (CMO), o ministro se colocou totalmente contrário à orientação do presidente, de corrigir a tabela. Segundo ele, essa correção não faz sentido.

“Fazer um negócio desse na hora em que você está falando de fazer uma reforma da Previdência para tentar conseguir R$ 100 bilhões, você fazendo um sacrifício a todo mundo e fala ‘atualiza a reforma aí e dá R$ 70 bilhões para todo mundo’. Você perde, começa a confundir as coisas”, disse.

O ministro afirmou também que depois o governo vai começar a discutir a revisão das deduções de gastos com saúde e educação no Imposto de Renda.

“É um tema caro para a classe média, que gasta com saúde e educação de seus filhos. O próprio Congresso, os próprios representantes, começaram a aprovar isso, parecia razoável. No final, você acaba tendo situações como essa, paradoxal. Os mais pobres, que são milhões e milhões, gastam R$ 100 bilhões com o SUS e você deixa para os mais favorecidos levarem R$ 20 bilhões. Claro que há algo errado aí. Claro que tem que se olhar isso”, afirmou o ministro. “À medida que o país fica mais apertado, você tem que escolher onde vai reduzir. E isso é uma questão seríssima”.

Além do fim das deduções, Guedes falou que também está em estudo uma redução de alíquota, para não haver “esse favorecimento justamente para as famílias que já têm alguma condição de criar filhos. Há a proposta de reduzir alíquotas para tirar todas as deduções”.

DoCidadeVerde

Notícias relacionadas

Elmano Férrer defende necessidade de fomentar o empreendedorismo

Junior Oliveira

Armazém do Povo lança grande promoção em comemoração ao Dia das Mães

Junior Oliveira

TCE: 136 municípios estão em alerta por extrapolar gastos com pessoal

Junior Oliveira

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais