33.2 C
Piauí
19 de abril de 2019
Cidades em Foco
Destaque Geral Jacobina do Piauí

Jacobina promove mobilização no Combate ao Abuso e Exploração de Crianças e Adolescentes

O Conselho Tutelar de Jacobina do Piauí com o apoio da Prefeitura Municipal e das Secretarias promoveu na manhã desta quarta-feira, 18, uma grande mobilização de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. O evento teve inicio às 7h30 com uma passeata que saiu do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), e seguiu até o Espaço Festa no Centro da cidade.

No Espaço Festa foram desenvolvidas várias atividades e apresentações das escolas Petrônio Portela e Severo Rocha, sendo que foi explanado sobre a diferença entre abuso sexual e exploração sexual, estatísticas mais recentes sobre abusos. O evento contou com a participação da Prefeita Mocinha, da Vice-prefeita Chiquinha Melo, dos secretários municipais e da sociedade jacobinense.

IMG-20160518-WA0017
EQUIPE DE CONSELHEIROS TUTELARES DE JACOBINA DO PIAUÍ – FOTOS: JACIRENE SOUSA

Para a Conselheira Tutelar Jacirene Sousa, é de fundamental importância a realização desta campanha, a fim de que a comunidade se sensibilize quanto ao tema. “Foi um evento muito importante para a população, porque muitos se calam e não fazem a denúncia. O nosso objetivo é fazer com que as pessoas não se calem com esse tipo de crime”, a Conselheira finalizou lembrando sobre o caso da menina Araceli, que é símbolo desta campanha.

Por que dia 18 de Maio

No dia 18 de maio de 1973, uma menina de 8 anos foi sequestrada, violentada e cruelmente assassinada no estado do Espírito Santo. Seu corpo apareceu seis dias depois carbonizado e os seus agressores, jovens de classe média alta, nunca foram punidos. A data ficou instituída como o “Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes” a partir da aprovação da Lei Federal nº. 9.970/2000.

Em maio de 2014 foi sancionada a lei que classifica a exploração sexual de criança, adolescente ou pessoa vulnerável como crime hediondo e prevê para o condenado uma pena de quatro a dez anos de detenção.

O que fazer ?

Quem presenciar ou souber de uma situação de violência pode fazer a denúncia pelo Disque Direitos Humanos – Disque 100. O serviço de atendimento telefônico gratuito, funciona 24 horas por dia, nos 7 dias da semana. As denúncias recebidas são analisadas, tratadas e encaminhadas aos órgãos responsáveis.

VEJA IMAGENS:

IMG-20160518-WA0011 IMG-20160518-WA0013 IMG-20160518-WA0014 IMG-20160518-WA0015 IMG-20160518-WA0016 IMG-20160518-WA0017 IMG-20160518-WA0019 IMG-20160518-WA0020 IMG-20160518-WA0021 IMG-20160518-WA0027 IMG-20160518-WA0028 IMG-20160518-WA0029 IMG-20160518-WA0030 IMG-20160518-WA0031Todas as matérias podem ser reproduzidas, desde que citadas as fontes. As fotografias, além da fonte, devem ser creditadas com o nome do autor.

Notícias relacionadas

Rejane Dias confirma saída para votar contra impeachment na Câmara Federal

Junior Oliveira

Prefeito é acusado de marcar festa no mesmo dia de show beneficente no Piauí

Junior Oliveira

Eletrobras PI aponta débito de 170 prefeituras do Piauí; inadimplência soma R$ 30 milhões

Junior Oliveira

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais