25.5 C
Piauí
25 de fevereiro de 2020
Cidades em Foco
Geral Polícia

Justiça condena réu a 23 anos de prisão por morte de advogado no Saci

O juiz Carlos Hamilton Bezerra Lima, da 1ª Vara Criminal de Teresina, condenou o réu Francinaldo dos Santos Batista a 23 anos de prisão pela morte do advogado Ozires de Castro Machado Neto. O crime ocorreu no dia 11 de setembro de 2017, no bairro Saci, zona Sul de Teresina. Outros dois acusados de participar da ocorrência foram absolvidos por falta de provas e tiveram suas medidas cautelares revogadas.

O magistrado estabeleceu a Penitenciária Irmão Guido para o início de cumprimento da pena e, ainda,  negou o direito de recorrer em liberdade tendo em vista há vários processos que ele responde na comarca. Na mesma decisão, o juiz decretou a prisão preventiva do acusado.

Ozires foi morto com um tiro quando se recusou a entregar seu celular durante um assalto na Quadra 12, do bairro Saci, em Teresina. Francinaldo foi apontado nas investigações como o autor do disparo. Em sua defesa, ele alegou inexistência de provas suficientes para a condenação.

“Após a análise das provas carreadas aos autos, conclui-se que apenas em parte a denúncia se confirmou, pois embora a materialidade seja evidente, a autoria está demonstrada em relação a um só dos acusados.
No que pertine aos demais acusados, verifica-se que não há provas suficientes para suas condenações”, disse o juiz.

Na última sexta-feira (10), a Polícia Judiciária Civil de Mato Grosso confirmou a prisão de um dos acusados de matar o advogado, Ozires de Castro Machado Neto. Ele estava em uma residência no bairro Jardim Vitória em Cuiabá.

Fonte: Hérlon Moraes / CidadeVerde

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais