20.5 C
Piauí
16 de julho de 2019
Cidades em Foco
Geral Piauí

Justiça enviará intimação via WhatsApp para agilizar processos no Piauí

O Tribunal de Justiça do Piauí (TJPI) enviará intimações por meio do aplicativo WhatsApp para agilizar os processos no Estado. A medida, que deverá facilitar as atividades dos oficiais de justiça e dos servidores das secretarias, foi regulamentada pela Corregedoria Geral da Justiça (CGJ). O corregedor-geral da Justiça, desembargador Hilo de Almeida Sousa, comentou que as novas medidas refletem um novo momento do Poder Judiciário.

“Estamos dando início a um novo momento no nosso Tribunal de Justiça. Passaremos a utilizar o WhatsApp para entrega de intimações. Um procedimento já validado pelo Conselho Nacional de Justiça e que vai tornar mais eficiente a prestação jurisdicional, otimizando os recursos do Judiciário”, disse o desembargador.

As intimações já podem ser enviadas via aplicativo de mensagens. No entanto, algumas regras precisam ser cumpridas. Dentre elas, “os interessados em aderir à modalidade de intimação por WhatsApp deverão preencher e assinar Termo de Aceite e Adesão, disponível no site da Corregedoria Geral da Justiça, aceitando os termos deste normativo e informando o número de telefone respectivo”.

“A adesão das partes, advogados, procuradores, membros do Ministério Público, autoridades policiais, testemunhas, peritos, assistentes, integrantes de órgãos públicos e demais participantes da relação processual à intimação via WhatsApp é voluntária”, conforme o provimento.

Centrais de mandado

Com lançamento nesta segunda (08), a CGJ também deu início na nova modalidade de centrais de mandado no interior. Essas centrais serão classificadas como Regionais, Interativas e Unificadas, atuando de forma descentralizada e priorizando a cooperação e a colaboração entre as regiões, informou o TJ-PI.

“Nas viagens que fizemos pelo interior, percebemos que os problemas com a logística da entrega de mandados se repetiam, especialmente no que se refere a má distribuição dos mandados nas regiões. Enquanto uns oficiais estavam sobrecarregados, outros podiam ajudar um pouco mais. As novas centrais visam ajudar a resolver essa questão, diminuindo inclusive custos para o Poder Judiciário”, explica o corregedor

Na oportunidade, a solenidade também contou com o lançamento do Manual do Oficial de Justiça e a entrega de caminhonetes para seis comarcas do interior.

O presidente em exercício do TJ-PI, desembargador Haroldo Rehem, ressaltou a importância dessas ações. “O que estamos vendo são projetos em que a população será realmente beneficiada, uma vez que a produtividade do Judiciário melhora significativamente, facilitando e agilizando o acesso e o trâmite dos processos”, acrescentou.

Carlienne Carpaso (com informações do TJ-PI)

Notícias relacionadas

Motorista atropela 4 pessoas em bairro de SP e mata piauiense de sete anos

Junior Oliveira

PIAUÍ: Federação pede fechamento do Albertão para serviços e limpeza

Junior Oliveira

Dupla furta residência de Conselheira Tutelar em Jacobina do Piauí; fotos

Junior Oliveira

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais