38 C
Piauí
11 de agosto de 2022
Cidades em Foco
GeralPolícia

Mãe descobre estupro de filha de 7 anos assistindo vídeo no celular

Delegacia de Proteção A Criança e ao Adolescente (DPCA) em Teresina — Foto: Lucas Marreiros / G1

A Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) deu cumprimento a mandado de prisão preventiva contra um suspeito de estuprar a enteada de sete anos de idade e gravar o crime. A delegada Lucivânia Vidal, titular da especializada, conta que as investigações tiveram início em outubro deste ano após a mãe da vítima flagrar as imagens armazenadas no celular do agora ex-companheiro.

“A mãe veio à DPCA registrar o fato após ver as cenas gravadas no celular. Ele praticando atos libidonos contra a enteada de sete anos. O caso foi registrado, instaurado inquérito policial e colhidas todas as provas. Diante de tudo, principalmente a prova mais robusta que era justamente esse vídeo, representamos pela prisão e hoje foi dado cumprimento”, explica a delegada.

O crime ocorreu na zona Leste de Teresina. O suspeito- que tem 26 anos de idade- foi preso na casa da mãe nesta quinta-feira (02), no bairro Satélite, situado na mesma região.

Segundo Lucivânia Vidal, em depoimento, o padrasto confessou o crime que, segundo ele, teria cometido mais de uma vez.

“Ele confessou e disse que não sabe o motivo de ter feito isso. Chegou a chorar, o que não minimiza o crime. O perfil dele é típico de um abusador que tem parentesco familiar com a vítima, aproveita da confiança da vítima, promete alguma coisa. Ele se aproveitava da autoridade de cuidador”, completa a titular da DPCA.

O suspeito foi encaminhado à Central de Flagrantes e será levado para audiência de custódia nesta sexta-feira (03).

Fonte: Graciane Sousa / CidadeVerde

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais