24 C
Piauí
18 de maio de 2022
Cidades em Foco
Sem categoria

Marcelinho Paraíba é novo técnico do Oeirense para disputa do Piauiense 2022

Marcelo dos Santos, mais conhecido como Marcelinho Paraíba, 46 anos, será o novo técnico do Oeirense para disputa do Campeonato Piauiense 2022. Com curta carreira como treinador ele acumula passagens por clubes da Paraíba como o Treze e o Sport Clube Lagoa Seca.

“O nome do Marcelinho cresceu para mim porque um membro da comissão técnica dele trabalhou comigo, o Renan e isso ajudou bastante, pois ele sabe a forma de trabalho da gente e então entrei em contato com o Marcelinho e hoje no final da tarde batemos o marcelo com relação a salário e moradia. Marcelinho chega no dia 5 de novembro e fica até o dia 7 para a gente fazer o planejamento do clube para 2022, mas já estamos com alguns nomes e ele está com carta branca para a gente fazer nossas contratações”, disse o presidente do Cachorro Louco, Fabiano Alex.

Marcelinho Paraíba atuou como atleta profisisonal até 2020 e tem apenas pouco mais de um ano como técnico. Como jogador, o meia vestiu a camisa de grandes clubes como São Paulo, Flamengo e Coritiba, também fez muito sucesso no exterior, principalmente na Alemanha, onde jogou pelo Hertha Berlin e pelo Wolfsburg.Ele jogou em mais de 20 times e fez mais de 300 gols.

A passagem no Treze-PB durou pouco tempo. A demissão veio após 15 jogos, o clube inclusive foi o que o ex-meia se aposentou e logo em seguida assumiu como técnico. Foi anunciado no final de dezembro de 2020 e ficou até 24 de maio desse ano.

Como treinador o curriculo é curto, porém chega como mais uma nova cara e aposta do futebol piauiense. A equipe do Oeirense vai disputar pela primeira vez a Série A do Estadual e precisou correr atrás de um novo nome devido a saída de Flávio Araújo para assumir um clube baiano.

O Oeirense irá disputar apenas o Campeonato Piauiense na temporada 2022. O time vai iniciar a montagem do plantel e poucas peças que conquistaram o título e acesso da Série B do Piauiense deve permanecer.

Fonte: Pâmella Maranhão / CidadeVerde

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais