24.2 C
Piauí
25 de junho de 2022
Cidades em Foco
Sem categoria

MEC anuncia liberação de R$ 41,86 milhões para Secretaria Estadual de Educação

O secretário executivo do Ministério da Educação, Luiz Cláudio Costa, anunciou nesta quarta-feira, durante audiência com o governador Wellington Dias e a secretária Rejane Dias, a liberação de cerca de cerca de R$ 41,86 milhões para execução do Programa Brasil Alfabetizado (EJA), EJA – Ensino Médio Rural, Pronatec e formação continuada de professores. Tais ações serão desenvolvidos pela Secretaria da Educação e Cultura (Seduc-PI) em parceria com o Governo federal.

Desse total, R$ 37 milhões serão utilizados na execução da primeira etapa de educação de Jovens e Adultos (EJA) do Programa Brasil Alfabetizado no Piauí, dada a urgência de atendimento de milhares matrículas realizadas previamente pela Seduc.  Com essa liberação, entre custeios (R$ 11 milhões) e bolsas para professores e coordenadores de turma (R$ 26 milhões), será possível atender os 48 mil alunos de alfabetização de jovens e adultos.
“E é por isso que se torna tão necessária a autorização para remanejamento dos referidos recursos de forma a apoiar o estado em ações imprescindíveis ao processo de alfabetização, tais como: merenda, material didático e transporte escolar”, afirma Rejane Dias.

“Esse é o dever que temos para reparar uma dívida social histórica com os que não tiveram acesso ao domínio da escrita e leitura como bens sociais, e assim, possibilitar a efetivação de ações de elevação de escolaridade e inclusão social”.

Rural – O MEC anunciou, ainda, o pagamento de pendências da gestão passada dos seis meses restantes, de algumas turmas de EJA  – Ensino Médio Rural, Caminhando para o Futuro, 23 municípios, no valor de R$ 3 milhões 560 mil.

Outra boa notícia, segundo Rejane Dias, foi a liberação de R$ 1,3 milhão para formação inicial e continuada de professores de professores de Português e Matemática, das séries iniciais, finais, Ensino Médio e professores de jovens e adultos e para o sistema prisional.

Também devem ser liberados nos próximos dias recursos para atender a educação profissional  técnica (Pronatec) de nível médio e cursos de formação inicial continuada, no âmbito da bolsa formação.

Rede e-Tec – A secretária Rejane Dias solicitou, durante o encontro, repasse financeiro referente à oferta de vagas de cursos médios Educação à Distância para o ano de 2016, com o intuito de garantir a execução desse programa para a comunidade.

Rejane solicitou, ainda, adesão de novas edições do Programa Projovem Urbano tanto em nível de Ensino Fundamental quanto em nível médio. “Tendo em vista que já temos cadastros de pré-matrículas já efetuadas tanto em nível de Ensino Fundamental quanto de Ensino Médio (7,5 mil pré-matrículas para o Projovem Urbano e dez mil pré-matrículas para Projovem de Ensino Médio).”


Da Redação / Cidade Verde

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais