30.7 C
Piauí
10 de abril de 2020
Cidades em Foco
Geral Picos

Minha Casa Minha Vida:mais de 800 famílias sofrem com atraso em Picos

Problemas na estrutura dos residenciais do programa Minha Casa Minha Vida, em Picos, atrasam o sonho da casa própria. A situação prejudica mais 800 famílias, sendo que algumas, esperam receber o imóvel há mais de um ano.

“Eu fui a primeira ganhadora e nunca essa casa sai. Já era pra ter recebido. Uns dizem que já está tudo pronto e por que não recebemos, se estamos precisando?”, questiona a beneficiária Maria Samaritana da Conceição.

A coordenadora municipal de habitação, Claudia Mônica, confirma que as obras estão inacabadas com pendências na rede elétrica, água e esgoto, entre outros, no Residencial Antonieta Araújo. Os apartamentos deveriam ter sido entregues em dezembro do ano passado, mas ainda não há previsão.

Sobre o Residencial Lousinho Monteiro, as obras começaram em 2013 e há dois anos estão prontas. Porém, não foram entregues. Claudia Mônica explica que tanto a construtora responsável pela obra como a Eletrobras alegam não terem recursos para a instalação da rede elétrica. Ela acrescenta que, diante do impasse, o Banco do Brasil, financiador do empreendimento, se responsabilizou pela conclusão do serviço.

Por meio de nota, a Eletrobras Distribuição Piauí informou que, desde o ano passado, foram aprovados pela empresa os orçamentos e projetos elétricos para os residenciais Louzinho Monteiro e Antonieta Araújo.  A Distribuidora informa também que, na mesma ocasião, foi firmado acordo com a construtora responsável, autorizando a execução das obras, para posterior ressarcimento pela Eletrobras Piauí.

A nota diz ainda que a empresa de energia aguarda a entrega da obra, para comissionamento e efetivação dos pedidos de ligações dos locais e, caso não haja disponibilidade da construtora responsável para execução da obra, conforme convênio já firmado, a Eletrobras poderá construir a rede para atendimento dos residenciais.

 

 

Com informações Clebson Lustosa (TV Cidade Verde)

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais