33.1 C
Piauí
21 de junho de 2021
Cidades em Foco
Economia Geral Piauí

Miniusina poderá empregar até 16% de município do Piauí

Carteira de Trabalho - Foto: Cidades em Foco

O município de Coivaras, localizado a 77 km de Teresina e com uma população de 4 mil habitantes, recebe uma miniusina de energia solar de administração e responsabilidade do Governo do Estado do Piauí. A estrutura é parte de projeto de Parceria Público-Privada de Miniusinas de Energia Solar, gerenciado pela Superintendência de Parcerias e Concessões do Piauí (SUPARC-PI). A instalação da miniusina poderá empregar até 16% da população do município, de forma direta e indireta.

Em Coivaras, a criação dos novos postos de trabalho será de grande impacto. “Estima-se a geração de 50 empregos diretos e mais de 600 postos de trabalho indiretos com a criação desse sistema de energia renovável. Isso permite novas oportunidades para a comunidade dessas cidades, a partir da necessidade de capacitação de mão de obra qualificada”, explica Viviane Moura, superintendente de Parcerias e Concessões.

A miniusina de Coivaras, por exemplo, vai atender a Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi). A energia gerada na estrutura ficará como crédito ao Governo do Estado do Piauí à Equatorial Energia, permitindo economia para os cofres públicos. O projeto leva em consideração a sustentabilidade e autossuficiência energética da região ao Norte do Estado, que está próxima de centros urbanos como Campo Maior. Ao todo, serão oito em localizações estratégicas do território, gerando emprego e renda no interior.

A miniusina a ser instalada no município de Coivaras tem capacidade de produção de 5 megawatts (MW), mais do que o suficiente para atender a Sesapi. O consumo médio mensal por leito de hospitais e clínicas é de 1.016 KWh ao mês. Já o de um hospital é de até 425 kWh ao mês, um valor bem inferior à capacidade produtiva de energia limpa.

A PPP de Miniusinas de Energia Solar já passou por processo de viabilidade, consulta pública, licitação e agora segue com a implantação, após a assinatura do contrato. Serão três responsáveis pela implantação das miniusinas no Piauí: Energias Sustentáveis do Piaui (2 lotes que representa 4 miniusinas), GM Energia (1 lote que representa 2 miniusinas) e Brenge Par (1 lote que representa 2 miniusinas). Em pleno funcionamento, o parque de energia solar do Piauí vai gerar 40MW, somando as oito unidades.

Da Redação / Ascom

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais