25.2 C
Piauí
4 de outubro de 2022
Cidades em Foco
GeralPiauí

Motorista para ônibus, ajuda estudante cego a atravessar avenida e foto viraliza

Foto: Reprodução / Twitter

Uma atitude de amor ao próximo. O motorista Moacir Filho, de 37 anos, parou o ônibus que dirigia para ajudar um universitário com deficiência visual a atravessar a avenida Frei Serafim, Centro de Teresina, na última terça-feira (20/09). A cena de solidariedade viralizou nas redes sociais. O portal Cidadeverde.com conversou com o motorista que ressalta a importância das pessoas ajudarem a pessoa com deficiência.

Moacir Filho relembrou que o estudante havia entrado no transporte coletivo mais cedo que o normal e corria o risco de perder o ônibus com destino ao seu bairro na zona Sul de Teresina e ficar cerca de 2horas esperando.

“Ele pegou o ônibus às 19h40 e o carro dele passaria às 20h. Deixo ele na parada que fica em frente ao antigo Bom Preço. Só que não daria tempo de ir até o Centro e na volta ele pegar o ônibus naquele dia. Parei, mesmo sendo proibido, e perguntei se alguém ia para aquela parada. Como ninguém se manifestou, desci e fui deixar ele na parada”, relembrou Moacir Filho.

Segundo o motorista, o estudante é muito tímido e sempre pega o ônibus 401 na Universidade Federal do Piauí, onde é estudante. Moacir não soube dizer o curso que ele frequentava, mas disse que já utiliza o transporte coletivo há pelo menos dois meses.

“Além dele, eu sempre ajudo outras pessoas. Tem outra pessoa com deficiência visual que sempre que paro, pelo som que coloco no ônibus, ela reconhece que sou eu e sobe. Ajudo cadeirante e idosos também. Muitos ficam tristes porque poucos colegas param”, destacou Moacir Filho.

O motorista do 401 ressaltou ainda que a parada foi proibida, mas pensou no passageiro que ficaria bastante tempo esperando o ônibus se não atravessasse logo.

Foto: Reprodução / Twitter

“Eu vi pelo lado dele. Se nós, sem deficiência, ficamos uma hora na parada e já ficamos estressados, imagina ele que ficaria por 2h40 até o próximo carro?”, questionou o motorista.

Moacir Filho trabalha na empresa que faz a linha da Universidade Federal ao Centro de Teresina há 16 anos e há 8 anos é motorista de ônibus. Ele espera que a visibilidade do caso possa incentivar outras pessoas a terem atitudes mais altruístas.

Após a repercussão do caso, Moacir Filho relembra que amigos e colegas de profissão mandaram prints o parabenizando pela atitude. “Eu sou conhecido por fazer isso. Na hora que viram, mesmo eu estando de costas, já sabiam que era eu”, concluiu o motorista.

Fonte: Nataniel Lima / CidadeVerde

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais