28.2 C
Piauí
4 de dezembro de 2020
Cidades em Foco
Geral Política

MPE quer multa para candidata que usou paredões e fogos de artifícios na campanha no Piauí

O Ministério Público Eleitoral, por meio da Promotoria Eleitoral da 21ª Zona Eleitoral de Piracuruca, encaminhou ação de execução ao Partido Social Democrático (PSD) e à candidata Sárvia Karoline Gomes Oliveira por descumprimento do termo de ajustamento de conduta (TAC) nº 01/2020, que apresenta diretrizes acerca da realização de eventos políticos, uso de paredões de som e fogos de artifícios na campanha eleitoral.

Na cláusula terceira do termo, ficou acertado que “considerando a poluição sonora que perturba o sossego e a paz pública, a proteção à incolumidade mental das crianças com deficiência e o risco de incêndios, os compromissários obrigam-se a não utilizarem fogos de artifício”. No entanto, durante evento político em apoio à candidatura de Sárvia Karoline Gomes Oliveira, no dia 08 de outubro, foram usados diversos fogos de artifício de estampido. Vídeos confirmam a infração.

O promotor Eleitoral Márcio Giorgi Carcará Rocha frisa que o TAC foi firmado em 07 de outubro e entrou em vigor na data de sua assinatura. Diante do descumprimento, o Ministério Público Eleitoral requer o recebimento da ação de execução, requerendo ainda a citação do PSD e da candidata Sárvia Karoline para cumprirem as obrigações constantes das cláusulas do termo de ajuste de conduta, imediatamente, sob pena de multa no valor de R$ 500,00 (quinhentos reais) por ato de descumprimento.


Fonte: MP-PI 

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais