No Piauí, Gleisi cobra investigação sobre uso ilegal do WhatsApp

A presidente nacional do PT, Gleisi  Hoffmann,  afirmou neste domingo  (21),no município de Picos, que o candidato do PSL à presidência, Jair Bolsonaro, faz campanha fake baseada em mentiras e difamação. Segundo ela, Polícia Federal e o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) precisam agilizar as  investigações sobre denúncia de que a campanha do presidenciável teria usado doações de empresas para disparar mensagens em massa contra o PT via WhatsApp.

“Espero que  para o bem da democracia a Polícia Federal apure a denúncia. Se eles não conseguirem apurar nada, vamos ter um processo eleitoral viciado, fraudado a céu aberto”, disse. Gleisi disse que  ainda há tempo para uma virada da campanha do candidato do PT, Fernando Haddad.

“Temos tempo para umaa virada. Temos fatos novos sobre a denúncia do esquema utilizado através do WhatsApp com as mentiras divulgadas, ou seja, eles fizeram uma campanha fake induzindo a população a acreditar em histórias que não eram verdades. Usando recursos ilegais. Isso muda completamente o curso da campanha e deslegitima a campanha que ele fez”, afirmou Gleisi, que participou de ato pró-Haddad na cidade de Picos, no sábado (20) à noite.

Ela e o Fernando Haddad pernoitaram em Picos e seguiram para São Luís, capital do Maranhão,  onde realizam ato na manhã do domingo.

Fonte: CidadeVerde