24 C
Piauí
26 de maio de 2020
Cidades em Foco
Geral Política

No Senado, governador propõe imposto de renda pra cobrir déficit

Comissão Especial destinada a acompanhar a PEC 6, de 2019 (CEPREV) realiza audiência pública interativa para tratar sobre a proposta de reforma da Previdência.rrMesa:rgovernador do Piauí, Wellington Dias, em pronunciamento;rpresidente eventual da CEPREV, senadora Simone Tebet (MDB-MS).rrFoto: Geraldo Magela/Agência Senado

O governador Wellington Dias (PT) propôs nesta quarta-feira (10), durante audiência na Comissão de Acompanhamento da reforma da Previdência no Senado, que o imposto de renda pessoa física do servidor público seja utilizado para cobrir o déficit dos estados. A reunião foi convocada para discutir a exclusão de estados e municípios do projeto.

Segundo o governador, o déficit no Piauí chega a R$ 1,1 bilhão. “É importante o Senado liderando o entendimento que foi feito com o governo federal, Câmara, Senado e 27 governadores para que se tenha essa alternativa de receita para cobertura do déficit da previdência. Só no Piauí temos um déficit 1,1 bilhão. Eu defendo que o imposto de renda pessoa física do servidor, a gente carimbe para cobrir o déficit e lá na frente tudo isso ir para o fundo de investimento”, disse o governador.

Wellington Dias explicou aos senadores na comissão que o imposto de renda é uma receita dos estados que pode ser usada de qualquer forma.

“O imposto de renda pessoa física de servidor público é uma receita dos estados. Ele fica lá livre, o estado faz o que quiser. Eu estou propondo que esse recurso seja colocado para a cobertura do déficit da Previdência e lá na frente no fundo de investimentos”, detalhou.

Para o governador, a medida é importante e gera fôlego para os estados investirem. “Isso é importante, pois estados e União ganham com isso e voltam a ter capacidade de investimentos. Tendo capacidade de investimento, alavanca a economia. A economia crescendo, gera mais empregos e mais contribuições para as previdências”, afirmou.

Fonte: Hérlon Moraes / CidadeVerde

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais