24.5 C
Piauí
25 de novembro de 2020
Cidades em Foco
Sem categoria

Padre que disputou prefeitura no Piauí ficou em quarto lugar

Sacerdote teve desempenho fraco nas eleições municipais (Foto: Portal Duscocais)

O padre Luís Gomes de Oliveira (PT) se afastou da Igreja Católica em 2020 para concorrer à prefeitura do município de Matias Olímpio, no Norte do Piauí. Porém, seu desempenho eleitoral foi um fiasco. O sacerdote de 38 anos teve apenas 243 votos e ficou na quarta colocação.

No município, o prefeito eleito foi Geno (PTB), com 3.091 votos. Na segunda colocação ficou professor Junior (Solidariedade) com 3.016 e em terceiro Antônio Cinda (MDB), com 381 votos.

A entrada de Luís Gomes na política causou visível desconforto com o bispo da Diocese de Parnaíba, dom Juarez Sousa da Silva. Em entrevista ao Política Dinâmica em outubro, o bispo falou sobre a situação do padre e disse que a Igreja forma e ordena padres para serem pastores e não prefeitos. Na ocasião, Dom Juarez se referiu a Luís Gomes como “ex-vigário” e colocou em dúvida se a Igreja ainda aceitará ele de volta após a de decisão de entrar na política.

“Quanto ao afastamento, depende da situação em que ocorreu a candidatura e, se possível, de discernimentos futuros”, informou Dom Juarez. O bispo ainda fez uma crítica à decisão do padre de entrar na disputa eleitoral, algo que a Igreja Católica vem restringindo.

“O povo de Deus quer e precisa de padres missionários e profetas a serviço da Salvação, da vida em plenitude com todos. O padre sempre fará muito melhor para o povo a ele confiado do que como político.  O uso do bom nome de padre e de pastor não só não é critério de bons gestores, como a maioria das experiências tem mostrado, como também é inconveniente. A Justiça Eleitoral tem critérios claros e deveria estar de olho”, disse o bispo na ocasião.

Fonte: Política Dinâmica

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais