28.9 C
Piauí
21 de setembro de 2020
Cidades em Foco
Geral Polícia

Pai e filho se passavam por dedetizadores para furtar casas no Piauí

Presos são levados ao IML para realização de exame de corpo de delito — Foto: Reprodução/TV Clube

Um homem de 55 anos e o seu filho de 36 anos foram presos nesta quinta-feira (6) suspeitos de se passarem por dedetizadores para furtar residências em Demerval Lobão, município que fica a 30 km de Teresina. As duas prisões fazem parte da Operação Fênix.

Em entrevista, o delegado Júlio Castro, da Polícia Civil de Demerval Lobão, explicou que o pai e filho ofereciam o serviço de dedetização para moradores do município e aproveitavam para praticar furtos nas casas.

“Eles até a casa das pessoas, idosos principalmente, e pediam para fazer a dedetização. Aí, quando eles entravam, um ficava conversando com a pessoa idosa e o outro ficava subtraindo joias, dinheiro, objetos”, contou.

Os dois já haviam sido presos anteriormente, mas foram liberados. “Eles foram presos quando estavam cometendo o crime. Aí, passou um determinado lapso temporal e o juiz os condenou. Então, eles foram presos hoje na operação”, afirmou o delegado.

Operação Fênix

A Operação Fênix foi deflagrada na manhã desta quinta-feira (6) pelas Polícias Militar e Civil do Piauí. O objetivo foi cumprir mandados contra suspeitos de diversos crimes. Até às 7h20 desta quinta, a Força Tarefa da Secretaria de Segurança Pública informou que foram dos 25 mandados expedidos, 21 foram cumpridos.

Fonte: G1

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais