25.6 C
Piauí
24 de junho de 2022
Cidades em Foco
Geral Polícia

PI: Em depoimento, menor diz que não matou grávida ‘por ela ser bonita’

A cada versão dada pelos adolescentes um espanto. O caso do estupro coletivo contra a grávida em Uruçui estarrece pela crueldade e causa espanto pela frieza dos menores. O delegado de Uruçui, Bruno Ursulino, revelou nesta quinta-feira (4) que a jovem violentada foi salva porque um dos menores defendeu que ela não deveria morrer “porque era bonita”.

“Um dos adolescentes de 16 anos queria matar a garota, após ter degolado o namorado e o outro menor de 16 anos disse que não era para matar porque ela era bonita”, revelou o delegado, que investiga o crime.

Bruno Ursulino disse que já solicitou ao juiz a transferência dos três adolescentes para Teresina, mas aguarda uma decisão judicial. Os suspeitos – que já prestaram depoimentos – serão trazidos para o CEM (Centro Educacional Masculino).

Perícia

A Polícia revelou que aguarda também resultado da perícia no celular da vítima que foi degolada para ter mais provas do crime. Há informações de que um dos adolescentes gravou o momento do crime e estaria no aparelho celular. O assassinato ocorreu por volta da meia noite de quarta-feira quando o casal estava namorando debaixo da ponte.

O delegado confirmou que um dos suspeitos – de 16 anos – natural de Santa Barbara do Oeiras (SP) tem cerca de 30 passagens pela polícia somando as ocorrências em São Paulo, Maranhão e Piauí.

“Vamos aguardar os laudos dos exames e estamos hoje fazendo novas diligências para serem incluídos na investigação”, disse o delegado.

Veja depoimento dos suspeitos:

 

Fonte: Flash Yala Sena / CidadeVerde

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais