19.1 C
Piauí
14 de agosto de 2020
Cidades em Foco
Geral Lagoa do Barro Queimada Nova

Piauí é o terceiro maior produtor de energia eólica do Brasil, diz associação

De acordo com os dados divulgados pela Associação Brasileira de Energia Eólica (ABE Eólica), o Piauí o terceiro estado que mais produz energia eólica do Brasil. Entre o mês de janeiro e agosto de 2019, o Piauí entregou 676,5 MW médios de energia, perdendo apenas para a Bahia (1.815,9 MW) e o Rio Grande do Norte (1.331,0 MW).

Os números são boletim Info Mercado Mensal da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE), que indicaram o crescimento de 14,7% da geração de energia eólica em operação comercial no país. Ou seja, a geração de energia pela força dos ventos foi de 4.794,91 MW para 5.501,52 MW médios durante o mesmo período entre os anos de 2018 e 2019.

Em relação a capacidade instalada para a produção de energia a partir da força dos ventos, o Piauí ocupou a quinta posição no ranking nacional, somando 1.638,1 MW. Nesse quesito, na frente do Piauí ficam Bahia (4.022,4 MW), Rio Grande do Norte (3.935,9 MW), Ceará (2.347,7 MW) e Rio Grande do Sul (1.777,8 MW).

O Governo do Estado informou que o Piauí conta com 60 empreendimentos eólicos em operação, nove em construção e 19 para serem construídos, todos outorgados pela Aneel. O maior parque eólico em construção na América do Sul está localizado no Piauí, nos municípios de Lagoa do Barro do Piauí, Queimada Nova e Dom Inocêncio.

Fonte: G1-PI

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais