33.2 C
Piauí
14 de maio de 2021
Cidades em Foco
Geral Piauí

Piauí receberá mais de 96 mil vacinas e ampliará público; veja quem receberá

Wellington Dias / Foto: Ascom

Ampliada às 08h

O governador Wellington Dias (PT) confirmou que o estado do Piauí deve receber, nesta segunda-feira (03), 5.850 doses da vacina Pfizer/BioNTech e 91.000 da vacina AstraZeneca/Oxford, do Ministério da Saúde.  “Com esses imunizantes, o estado dará início a vacinação do grupo de comorbidades, gestantes e puérperas”, informou a Secretaria Estadual de Saúde (Sesapi), além de continuar a vacinação dos idosos de 60 a 64 anos. As pessoas com síndrome de down e com deficiências permanentes também estão inclusas nesse novo cronograma.

Mesmo com a campanha de vacinação, Wellington Dias pede que as pessoas mantenham as medidas de prevenção contra a Covid-19. Nas redes sociais, o governador afirmou que essas doses vão garantir “a continuidade da vacinação aos piauinses”.

Nesta 16ª remessa também estão inclusas 91 mil doses da vacina AstraZeneca/Fiocruz serão disponibilizadas para 13.6% do grupo de pessoas com comorbidades, gestantes e puérperas e as pessoas com deficiências permanentes (54.912 doses). Os imunizantes também serão destinados à 21% dos idosos de 60 a 64 anos (26.980 doses), explica a Sesapi.

Na postagem, Wellington Dias também pede ao público-alvo que fique atento aos calendários para não perder a primeira dose. “Aos que já tomaram a segunda (dose), ainda assim, é importante continuar com todos os cuidados” para evitar a contaminação pelo novo coronavírus, reforça o governador.

Assim que as vacinas chegarem ao estado, a Secretaria Estadual da Saúde (Sesapi) vai encaminhar os lotes aos municípios. As prefeituras municipais são responsáveis pela aplicação do imunizante.

De acordo com a Sesapi, “os critérios estabelecidos pelo Ministério da Saúde, nesta primeira fase de vacinação de comorbidades, e que serão adotados pelo Piauí, determinam a vacinação proporcional, de acordo com as doses disponibilizadas dos seguintes grupos”:

  • Pessoas com Síndrome de Down, independente da idade (18 a 59 anos);
  • Gestantes e puérperas com comorbidades, independente da idade (18 a 59 anos);
  • Pessoas com comorbidades, de 55 a 59 anos;
  • Pessoas com deficiências permanentes, cadastradas no Programa de Benefício de Prestação Continuada (BPC), de 55 a 59 anos.

“A orientação do Ministério da Saúde é seguir esta sequência de grupo. Estão inclusos também pacientes renais, em terapia de substituição (diálise), porém o Piauí já entregou as doses aos municípios para a vacinação deste grupo em uma outra etapa”, destaca o superintendente da Sesapi, Hérlon Guimarães. 

Pfizer

Devido as condições especiais de armazenamento, que requer temperaturas  entre -25°C e -15°C, a vacina Pfizer será aplicada somente em Teresina, seguindo determinação do Ministério da Saúde.  A Fundação Municipal de Saúde (FMS) antecipou ao Cidadeverde.com que essa vacina será destinada às pessoas com comorbidades. A Pfizer/BioNTech será aplicada nos hospitais. A FMS vai divulgar o calendário da programação. 

“A Secretaria de Estado da Saúde já se preparou para o armazenamento das vacinas da Pfizer, contando com seis frezzers, que suportam a temperatura estabelecida pelo fabricante”, explica o secretário de estado da Saúde, Florentino Neto. Um dos postos de vacinação da Pfizer será o Hospital Universitário.

A Sesapi destaca que “as vacinas serão entregues em bandejas de 1.170 doses e deverão ser diluídas com soro de 0.90ml. A dose a ser administrada é de 0.3ml. Após a diluição, o total de doses deverá ser utilizado em seis horas e conservados em temperatura de 2° a 8° graus. O intervalo entre a primeira e segunda dose da Pfizer é de 21 dias”.

O superintendente de Atenção Primária à Saúde e municípios, Hérlon Guimarães, explica que esta remessa da Pfizer conterá apenas as primeiras doses. “De acordo com o esquema vacinal do ministério, as demais deverão chegar no intervalo de uma semana. O armazenamento deve ser de no máximo cinco dias na temperatura de 2° a 8° graus e até 14 dias com a temperatura de -25° a -15° graus. A orientação do ministério é que se faça a vacinação em até cinco dias após as vacinas estarem na temperatura de 2° a 8°graus. Todas as orientações sobre aplicação da vacina foram repassados pelo Ministério da Saúde aos municípios que irão receber”.

Reserva Técnica

O secretário  Florentino Neto esclarece que a situação da reserva técnica das vacinas. “Como já fizemos a distribuição de 100% do grupo de pessoas de 60 a 64 anos, após aprovação da utilização de nossa reserva técnica em colegiado, esses imunizantes que chegarão nesta remessa nos ajudarão a reforçar este novo grupo que iniciará, de gestantes e pessoas com comorbidades. Com relação aos deficientes, já iniciamos a vacinação deste grupo há pouco mais de um mês”.

Coronavac

No último sábado (30), o Piauí também recebeu 3.400 doses da vacina Sinovac/Butantan direcionada à vacinação das segundas doses de 3% do grupo de trabalhadores da Saúde (2.255 doses) que estavam inclusos na pauta 13B, também a segunda dose de 6% (405 doses) das forças de segurança e salvamento e armadas, inseridos na pauta 13B. Também vieram mais 0.20% (11 doses) para segunda dose do grupo de forças segurança, salvamento e armadas contemplados na pauta 14B.

As vacinas do Instituto Butantan serão destinadas ainda, para primeira dose de 7.4% do grupo de força de segurança e salvamento.

Fonte: Sesapi

com informações da Sesapi

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais