31.5 C
Piauí
19 de abril de 2019
Cidades em Foco
Economia Geral

Piauí: TCU decide e Caixa deve repassar recursos do Finisa

O plenário do Tribunal de Contas da União (TCU), em acórdão publicado hoje(06), decidiu, por unanimidade, cancelar a liminar que proibia a Caixa de aceitar a prestação de contas dos recursos da primeira parcela do Finisa 1 (Programa de Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento) do governo do Estado. A decisão foi dada na última quarta-feira(31) e publicada nesta terça. Veja o Acórdão

De acordo com o Procurador-geral do Estado, Plínio Clerton, com a decisão a Caixa ficou obrigada a aceitar as despesas feitas pelo Tesouro Estadual antes da assinatura do contrato. “Sendo, portanto, tido como legais as transferências (reembolsos) dos valores pagos para a conta única do Estado”.

O Finisa foi um empréstimo feito ainda em junho de 2017, no valor de R$ 600 milhões, em duas parcelas. O governo do Estado foi acusado de não prestar contas da primeira parcel R$ 307 milhões. A segunda parcela, no valor de R$ 293 milhões, aguarda análise da prestação de contas dos investimentos já realizados para que seja liberada.

A liminar que impedia a Caixa de liberar é o recursos é da Marina Rocha Cavalcanti Barros Mendes, da 5ª Vara Federal do Piauí, que determinou a suspensão do repasse da segunda parcela até a prestação de contas fosse  concluída pela Caixa.

Na decisão, o acórdão determina que a Caixa “deve tomar as medidas cabíveis para garantir que os recursos aplicados no âmbito do Finisa respeitem a finalidade do programa. E que em relação aos valores já repassados no âmbito da primeira parcela do Contrato de Financiamento 0482.405-71, firmado com o Estado do Piauí, deve ser reconhecida, em caráter excepcional e em razão das circunstâncias específicas do caso, a permissão para o reembolso de despesas pretéritas à sua assinatura, desde que efetuadas dentro do escopo pactuado e realizadas entre o recebimento da carta consulta e a assinatura do contrato, estando vedada a aludida permissão para as demais parcelas, tendo em vista a ausência de autorização legal e contratual”.

Veja mais:

Piauí possui dois empréstimos junto à Caixa. Entenda

Fonte: Caroline Oliveira / CidadeVerde

Notícias relacionadas

Instituições bancárias sofreram ataques em todas semanas do mês de novembro no Piauí

Junior Oliveira

Melissa Gurgel desfila de biquíni nas preliminares do Miss Universo

Junior Oliveira

Sai emenda do deputado Assis Carvalho para equipar UESPI de Oeiras

Junior Oliveira

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais