25.2 C
Piauí
4 de outubro de 2022
Cidades em Foco
DestaqueGeralPolícia

Picos: após morte suspeita, criança de 02 anos deve ser encaminhada ao IML de Teresina

Foto: Arquivo da Família

O Serviço de Verificação de Óbito (SVO), localizado em Teresina-PI, deverá elucidar a motivação da morte de uma criança de 02 anos de idade, que aconteceu na manhã desta sexta-feira (12), em Picos. O falecimento precoce do garotinho, identificado como Enzo Pyetro do Nascimento, foi confirmado pela Assessoria de Comunicação do Hospital Regional Justino Luz, que recebeu a criança.

Segundo a nota emitida pela Ascom do HRJL, Enzo Pyetro deu entrada na unidade de saúde pela manhã, levado por seu padrasto, sem sinais vitais e com os dedos dos pés e das mãos azuladas.

A equipe médica identificou que a criança sofreu uma parada cardiorrespiratória e, mesmo com intensa tentativa de reanimá-lo, a equipe não conseguiu. Devido se encaixar no quadro de mortes suspeitas, o corpo da criança aguarda no IML de Picos para ser trasladado para o da capital.

O padrasto de Enzo Gabriel foi levado à Delegacia de Polícia Civil para maiores esclarecimentos.

Confira nota do HRJL:

O menor de idade, Enzo Pyetro Nascimento de dois anos de idade, deu entrada no setor de urgência pediátrica do Hospital Regional Justino Luz, às 8h:36min desta sexta-feira,12 de agosto.

A criança foi trazida pelo padrasto e apresentava ausência de pulsos centrais e periféricos, cianose de extremidades e central (quando é possível ver a ponta dos dedos das mãos e dos pés mais azuladas), ausência de movimentos respiratórios.

Foi identificado uma parada cardiorrespiratória e iniciado prontamente manobras de reanimação cardiopulmonar, mas durante e após 30 minutos a criança continuou sem resposta aos estímulos, sem pulsos centrais e sem respiração. Às 9h06min o óbito foi constatado por causa indeterminada.

O médico plantonista realizou o encaminhamento do óbito para o Serviço de Verificação de Óbito (SVO) em Teresina-PI, para que seja feita avaliação para elucidar causa morte.

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais