23.3 C
Piauí
18 de agosto de 2019
Cidades em Foco
Geral Pernambuco em Foco

Plenário mantém na reforma possibilidade de pensão inferior ao salário mínimo

O Plenário da Câmara dos Deputados rejeitou, por 339 votos a 153, o destaque do PCdoB à proposta de reforma da Previdência (PEC 6/19) e manteve no texto a possibilidade de pagamento de pensão por morte em valor inferior a um salário mínimo, se o beneficiário tiver outra fonte de renda formal.

Os deputados já aprovaram, em segundo turno, o texto-base da reforma. Na sessão desta quarta-feira (7), estão sendo analisados os destaques que podem suprimir trechos do texto.

Principais pontos
Entre outros pontos, a reforma da Previdência aumenta o tempo para se aposentar, limita o benefício à média de todos os salários, eleva as alíquotas de contribuição para quem ganha acima do teto do INSS e estabelece regras de transição para os atuais assalariados. Na nova regra geral para servidores e trabalhadores da iniciativa privada que se tornarem segurados após a reforma, fica garantida na Constituição somente a idade mínima. O tempo de contribuição exigido e outras condições serão fixados definitivamente em lei. Até lá, vale uma regra transitória.

DoCidadeVerde

Notícias relacionadas

Câmara dos Deputados esvazia Salão Verde após falsa ameaça de bomba

Junior Oliveira

Governador diz que Lula incomoda a elite por levar benefício ao pobre

Junior Oliveira

Frank Aguiar planeja casamento com namorada 21 anos mais jovem

Junior Oliveira

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais