22.8 C
Piauí
25 de fevereiro de 2021
Cidades em Foco
Geral Polícia

Polícia abre inquérito e investiga empresa que se recusou a registrar casamento entre lésbicas no Piauí

Complexo de delegacias especializadas de Polícia Civil, em Teresina — Foto: Marcos Teixeira/ TV Clube

A Delegacia de Repressão às Condutas Discriminatórias e Proteção dos Direitos Humanos abriu um inquérito na quinta-feira (14) para investigar uma denúncia de crime de homofobia, em Teresina. A empresa, que trabalha com filmagens de eventos, se recusou a registrar a festa de casamento de duas mulheres, pelo fato de serem um casal homoafetivo.

Perfis da empresa nas redes sociais foram desativados após a repercussão do caso, mas foram reativados nesta sexta-feira (15). A empresa Eu & Você Filmes informou ao G1 que não foi notificada sobre a denúncia e não quis se pronunciar sobre o caso.

Empresa informou que não registra casamentos homoafetivos — Foto: Reprodução

Empresa informou que não registra casamentos homoafetivos — Foto: Reprodução

O caso gerou forte repercussão em Teresina e várias empresas e fotógrafos independentes se ofereceram para ajudar o casal de alguma forma.

O delegado titular da Delegacia de Direitos Humanos, Sebastião Escórcio, disse que não poderia falar sobre o caso porque as investigações ainda estão no início. “Somente após o final do inquérito a delegacia poderá se posicionar sobre o caso”, afirmou.

Fonte: G1-PI

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais