27.3 C
Piauí
9 de julho de 2020
Cidades em Foco
Geral Piauí

Polícia interrompe treinamento de motocross com mais de 20 pessoas no Sul do Piauí

PM interrompe treinamento de motocross em Cristalândia, no Sul do Piauí — Foto: Divulgação /PM-PI

A Polícia Militar interrompeu um treinamento de motocross na tarde de sábado (27) na zona rural de Cristalândia, município que fica no Sul do Piauí. Na prática, havia uma aglomeração de mais de 20 pessoas, sendo que muitas delas eram de outras cidades e não utilizavam máscaras, o que vai contra os decretos do Governo do Estado e da prefeitura municipal para conter a disseminação do coronavírus.

A corporação recebeu uma denúncia de que estaria acontecendo um rally na localidade Tamanduá, zona rural de Cristalândia. A PM, juntamente com a Vigilância Sanitária, foi até o local para averiguar a informação.

Ao chegarem ao local, segundo a soldado Milane Silva, muitas pessoas fugiram do espaço. Mas foi possível flagrar a aglomeração e verificar que muitas delas estavam fazendo uso de bebida alcoólica.

“Ao chegarmos ao local, constatamos a denúncia. Porém, não se tratava de um rally, mas sim da prática de motocross. Segundo eles, era um treinamento. Mas tinha muitas pessoas no local e algumas delas estavam fazendo uso de bebida alcoólica”, afirmou.

PM realizou advertências aos participantes do treinamento e ao público — Foto: Divulgação /PM-PI

PM realizou advertências aos participantes do treinamento e ao público — Foto: Divulgação /PM-PI

Antes da equipe desembarcar da viatura, muitas saíram do espaço, porém, tivemos contato com pelo menos 20 pessoas”, completou.

A localidade é conhecida pela realização de rallys. Entretanto, os praticantes de motocross informaram que não havia um organizador do evento, pois não era uma competição. Desse modo, a polícia não conseguiu lavrar o Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO). Apenas realizou advertências.

“A prática estava acontecendo em uma área pública, mas sem o consentimento da prefeitura. Esse espaço já foi cedido para essa prática de espaço, porém em outros anos. Então, não conseguimos localizar o organizador do evento, por esse motivo, a prefeitura não conseguiu aplicar a multa e não conseguimos lavrar o TCO. Mas foram feitas as advertências”, contou a soldado.

Fonte: G1

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais