24 C
Piauí
18 de maio de 2022
Cidades em Foco
Geral Polícia

Policial penal suspeito de estupro é transferido e seguirá preso no 4º BPM de Picos

Foto: Robervanya Luz

O policial penal J.P.O., suspeito de torturar e estuprar detentas da Penitenciária Feminina de Picos, preso desde a última quarta-feira (11) na Central de Flagrantes, foi transferido, na tarde desta quinta-feira (12), por volta das 16h20, para o 4º Batalhão de Polícia Militar.

J.P.O. está sendo investigado desde agosto de 2021 quando a primeira detenta o denunciou na Delegacia da Mulher. De lá para cá, outras três vítimas foram identificadas. Segundo o delegado adjunto, Francisco Carvalho, que vem auxiliando nas investigações, “a tortura se materializava tanto da forma psicológica, através de ameaças, quanto física, através de castigos aplicados às presas”.

“Ele as colocava de joelhos no cimento bruto da penitenciária por aproximadamente 30 minutos. Essa tortura foi flagrada pelas câmeras de sistema de monitoramento, e com base nas filmagens e nos depoimentos das detentas e vítimas, nós indiciamos por tortura, na modalidade tortura castigo”

O delegado informou ainda que o policial conduzia as vítimas para locais que não possuíam câmeras de TV para praticar abusos sexuais, visto que ele tinha acesso e monitorava remotamente as câmeras.

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais