23.1 C
Piauí
18 de janeiro de 2020
Cidades em Foco
Destaque Geral

População saem às ruas de Lagoa do Barro do Piauí em alusão ao “Setembro Amarelo”

Em 2014, nascia uma campanha em prol da prevenção do suicídio no Brasil, conhecida como “Setembro Amarelo” já que no dia 10 de setembro é o dia Mundial da Prevenção do Suicídio. Em todo território brasileiro é realizado milhares de atividades de conscientização sobre o assunto.

Na manhã desta sexta-feira, 20, as principais ruas da cidade de Lagoa do Barro do Piauí, foram tomadas pelas cores amarelo e branco em alusão a data com uma caminhada e palestra sobre prevenção e valorização da vida.

O evento foi realizado pela Prefeitura Municipal de Lagoa do Barro, em nome do prefeito Gilson Nunes e vice-prefeito Dudu, em parceria com a secretaria municipal de Saúde, secretaria de Assistência Social, alunos, professores e demais autoridades políticas do município.

De acordo com o prefeito Gilson Nunes, foi um momento importante para a cidade. “Esta caminhada é importante para o município, setembro amarelo que visa à conscientização da sociedade, para que possamos compartilhar e vivenciar junto com as famílias para que evitem a depressão e o suicídio”, relata o prefeito de Lagoa do Barro do Piauí, Gilson Nunes.

O gestor Gilson Nunes, pede ainda que às famílias sempre busquem ajuda aos profissionais de saúde de Lagoa do Barro. “A gente pede à sociedade que no momento que ver alguém com os sinais dessa doença que, ocasiona diversos problemas nas vidas das famílias, procurem os profissionais de saúde e da assistência social do município”, diz Gilson Nunes.

Profissionais da secretaria municipal de Saúde, equipe de governo, profissionais da Educação e estudantes percorreram as ruas da cidade fazendo panfletagem e convidando a população para a palestra que foi realizada na Praça Central nas Figueiras.

A psicóloga Vanessa Barbosa, palestrante do evento, acredita que a melhor maneira de prevenir é falar sobre o tema, pois a sociedade passa a ter conhecimento do que é a depressão e a conhecer os sinais de pessoas que sofrem com a doença.

“É um evento fundamental para a gente promover saúde mental e prevenir o suicídio, então, a gente ver que é um fenômeno que vem se alarmando no mundo e nos nossos municípios. Enquanto, a gente não fizer a prevenção, levar educação e informação para a população, a gente não vai conseguir perceber os sinais, saber como ajudar àquelas pessoas que realmente precisam”, afirma Vanessa Barbosa.

O suicídio, geralmente, está associado à depressão. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS) cerca de 800 mil pessoas morrem por suicídio a cada ano, segundo dados de 2018.

Para a psicóloga Vanessa Barbosa, a prevenção sobre o suicídio deve acontece durante todo o ano. “É mais intenso no mês de setembro, mas tem que acontecer durante todo o ano, e é de fundamental importância para que a gente conscientize e sensibilize toda a população para a sua responsabilidade como sujeito”, ressalta Vanessa Barbosa.

O secretário de saúde Marquino Rocha, fala que a informação correta é a melhor maneira da pessoa que está com depressão procurar um profissional da área da saúde para fazer o tratamento.

“A intenção é desmistificar, ou seja, se informarmos às pessoas que existem sinais e sintomas, e o que elas necessitam fazer para evitar, elas vão buscar ajuda profissional e aí esse índice de suicídio tende a cair”, declarou Marquino Rocha.

No dia 24 de setembro será o encerramento da campanha “Setembro Amarelo” da cidade de Lagoa do Barro do Piauí, no povoado Santa Teresa, pela manhã.

COBERTURA FOTOGRÁFICA DO EVENTO!

Por Wesley Monteiro / Cidades em Foco

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais