25.6 C
Piauí
24 de junho de 2022
Cidades em Foco
Geral Polícia

Pré-candidato a prefeito é indiciado em inquérito sobre estupro

Com as investigações em torno do estupro coletivo ocorrido na cidade de Sigefredo Pacheco, a 160 km de Teresina, um pré-candidato a prefeito foi indiciado juntamente com os cinco jovens que teriam filmado a jovem desacordada, nua e compartilhado as imagens. De acordo com o delegado Laércio Evangelista, que investiga o caso, o homem teria sugerido que os rapazes oferecessem dinheiro à menina para que não denunciasse o caso à polícia.

O estupro aconteceu durante os festejos do município. Segundo o inquérito, a garota de 20 anos, teria encontrado com amigos que lhe ofereceram bebida. Ela teria apagado. O grupo gravou a garota desacordada em um carro exibindo suas partes íntimas, chegando a tocá-las enquanto riem e debocham da situação. As imagens acabaram circulando na cidade através de redes sociais.

Com as investigações, a polícia conseguiu chegar aos suspeitos, identificados como Paulo Henrique Bezerra, de 25 anos, Tiago de Oliveira Melo, de 27 anos, Francisco das Chagas Ribeiro, de 23, e Sérgio Erberson Saraiva Rodrigues, de 18.

No entanto, com o andamento das investigações, os policiais foram informados que um pré-candidato ao cargo de prefeito na cidade, identificado como Paulo Henrique Oliveira Castro, teria sido procurado pelos jovens e sugerido que oferecessem dinheiro pelo silêncio da vítima. Com isso, ele acabou sendo indiciado. “Ele é amigo deles. Conhecia os jovens e os ajudou de alguma forma”, destaca o delegado, acrescentando que o homem foi indiciado por fraude processual e favorecimento pessoal e responderá em liberdade.

O inquérito já foi concluído em encaminhado para a justiça e os suspeitos seguem presos na penitenciária de Esperantina.

 

Diego Iglesias / CidadeVerde

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais