25.2 C
Piauí
4 de outubro de 2022
Cidades em Foco
DestaqueEsportesGeralPicos

“Preciso cuidar da minha saúde mental”, diz Presidente da Sep ao renunciar cargo após desclassificação do time

João Victor Pinheiro, presidente do Picos — Foto: Wesley Monteiro

O presidente do Picos João Victor Pinheiro anunciou que não irá mais comandar o clube. Em entrevista nesta quinta-feira, um dia após a eliminação do time nas semifinais da Série B do Piauiense, que manteve o Auriverde na Segundona, o dirigente disse que seu ciclo à frente da SEP acabou e enfatizou: precisa cuidar da sua saúde mental.

João Victor ficará no cargo até outubro deste ano, último mês do seu mandato. Ele assumiu a SEP em outubro de 2020 e afirmou que não irá concorrer à reeleição. Nos próximos dias, o dirigente vai tratar com outros membros da diretoria o rito da sua saída.

— Hoje meu ciclo se encerra na SEP (Sociedade Esportiva de Picos). Sigo de cabeça erguida e com a sensação de dever cumprido por tudo que fiz e me entreguei à equipe — afirmou, ao programa Cultura no Esporte, da Rádio Cultura FM de Picos.

— Então, eu acho que eu tenho a consciência de dever cumprido com o clube por precisar cuidar de mim. Não adianta eu ser apaixonado pela SEP, eu amar, me entregar por inteiro pela SEP. Independente de eu ter classificado ou não, eu tinha decidido que o ciclo ia encerrar. Não tenho mais cabeça para estar dentro disso. Preciso cuidar da minha saúde mental, de mim, da minha família. Sempre longe da minha filha, da minha esposa. Eu quero ter um tempo a mais para mim. Ter mais qualidade de vida. Eu sou uma pessoa nova. Tenho 25 anos. Vou seguir minha vida — contou.

Durante a gestão como presidente, João Victor Pinheiro passou pelo rebaixamento à Série B do estadual, em 2021, ano em que o clube contou com eliminações na Copa do Brasil (em casa, para o Boavista) e na pré-Série D, também dentro do Helvídio Nunes.

— Vi pessoas que eram do meu convívio, que se diziam meus amigos, me atacaram, me difamarem, me caluniarem, isso tudo. Se o torcedor pegar e colocar no que é a realidade, eu acho que eu fui o único dentro dos 46 anos dentro da SEP que conseguiu levar o clube sem nenhum apoio. O clube viveu do clube — disse.

Para 2022, o clube fez parceria com a escola de futebol do lateral-esquerdo Renê, do Internacional, e reativou as suas categorias de base, projeto de João Victor para a SEP ter calendário o ano inteiro. O Picos foi vice-campeão sub-20 e ganhou vaga para jogar a Copa São Paulo de Futebol Júnior.

O acesso à elite era a principal missão, mas acabou não concluída. O Picos foi eliminado nas semifinais da Série B do Piauiense pelo Ferroviário-PI. Após empate por 2 a 2, o Zangão não conquistou o acesso à elite. Na partida de ida, o Ferrim tinha vencido por 1 a 0 no Helvídio Nunes.

Fonte: GE PI

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais