Prefeito Tairo Mesquita toma posse como vice-presidente da APPM em Teresina

O prefeito do município de Santo Inácio do Piauí, Tairo Moura Mesquita (PSB), tomou posse na manhã desta quinta-feira, 10, como o novo vice-presidente da Associação Piauiense de Municípios (APPM).

CLIQUE AQUI E VEJA TODAS AS FOTOS DO EVENTO!

A solenidade de posse foi realizada no auditório da APPM e contou com a presença do governador Wellington Dias, da vice-governadora Regina Sousa, do presidente da Confederação Nacional dos Municípios (CNM), Douglas Wamling, de deputados estaduais e federais, além de diversos prefeitos do Piauí.

Em entrevista ao portal Cidades em Foco, o prefeito Tairo Mesquita, relatou sobre a satisfação pelo entendimento ocorrido na entendida e destacou que trará seu aprendizado para compartilhar com os prefeitos piauienses.

“Estou muito satisfeito com esse entendimento que ocorreu na entendida, e vamos trazer o aprendizado nosso como gestor municipal de Santo Inácio do Piauí e compartilhar com os colegas prefeitos, tanto ensinar como aprender. Esse é o nosso objetivo na APPM e fortalecer o municipalismo cada dia mais”, finalizou o prefeito.

Durante seu discurso, o governador Wellington Dias (PT) enfatizou que fará um mandato mais próximo dos municípios. “O prefeito e presidente que conclui mandato agora teve papel destacado com mediação com os municípios. O prefeito Jonas Moura tem boa relação com os poderes partidos. Me comprometi a me aproximar mais dos municípios, especialmente, na área da saúde. Uma das principais meta é a redução da mortalidade. É levar água potável para todo. Será um mandato mais próximos dos municípios”, declarou.

O novo presidente da APPM, Jonas Moura de Araújo (PSD), afirmou que uma das metas é a necessidade da APPM ajudar os prefeitos no diálogo com o governo federal e destacou que os municípios menores terão mais atenção da APPM.

“Nossa principal meta é tornar essa casa um suporte para os prefeitos, principalmente, os prefeitos que chamamos de 0.6. São municípios de menor porte e possuem maior dependência do Governo Federal. O importante é fazer com que o prefeito tenha esse suporte.  E juntos vamos tornar a APPM muito mais forte. O suporte é fazer o básico.  E muitos ainda nem fez o básico como, por exemplo, fazer um plano municipal de Saúde, de Saneamento Básico, plano municipal de Educação. Tudo isso é  exigido em Brasília para trazer novos recursos”, disse.