30.2 C
Piauí
3 de dezembro de 2021
Cidades em Foco
Geral Piauí

Prefeitura de Curimatá afasta funcionário preso durante operação do Greco

Foto: Divulgação/Polícia Civil

O funcionário da prefeitura de Curimatá, Aristoclides Ribeiro de Carvalho, preso nesta sexta-feira (19) em uma operação do Grupo de Repressão ao Crime Organizado, foi afastado das atividades que desenvolvia para o município.

A informação foi confirmada pelo prefeito, Valdecir Júnior (Progressistas), que disse Aristoclides atuava como prestador de serviços, no transporte das equipes da Vigilância Sanitária que trabalham em ações contra a covid-19, como barreiras sanitárias.

“Ele vai ser afastado até que a situação seja apurada e esclarecida. Não compactuamos com qualquer atividade ilícita que porventura estava sendo realizada”, afirmou o prefeito de Curimatá, que cumpre agenda em Brasília e disse não ter maiores detalhes sobre a operação.

O funcionário da prefeitura de Curimatá foi preso suspeito de crimes de receptação, uso de documento falso e adulteração de veículo automotor.

Os mandados de busca e apreensão foram cumpridos nas cidades de Curimatá, Parnaguá e Luís Eduardo Magalhães (BA). As investigações apuram roubo de carga e receptação na região de Curimatá. Foram apreendidas uma espingarda calibre 12 e uma pistola 380, além de munições.

Ex-prefeito preso

A operação desta sexta-feira (19) também resultou na prisão do ex-prefeito do município, José Arlindo da Silva Filho, conhecido como Zezinho do Tomate. O ex-gestor já havia sido preso em 2008, por suspeita de participação em um esquema de roubo de cargas.

Fonte: CidadeVerde

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais