Prefeitura de Santa Cruz do Piauí promove Festival de Cultura com recorde de público

A cidade de Santa Cruz do Piauí foi palco da segunda edição do Festival de Cultura, nos dias 31 de outubro a 01 de novembro. Uma multidão de forrozeiros marcou presença na festa realizada em praça publica do município. O evento tem como objetivo valorizar a cultura local e o lazer através de shows com bandas locais e nacionais do mundo do forró.  A segunda edição do evento foi um verdadeiro sucesso de público e organização. 

CLIQUE AQUI E VEJA FOTOS DOS SHOWS DE SAIA RODADA E FERNANDO PISADINHA!

CLIQUE AQUI E VEJA FOTOS DOS SHOWS DE ERIC LAND E CANINANA DO FORRÓ!

Para o idealizador do Festival de Cultura, o prefeito Barroso Neto, frisa a grande proporção que o evento tomou. “É muito prazeroso, a gente receber esse grande público aqui em Santa Cruz do Piauí hoje, que no ano de 2017, a gente transformou o Santa Cruz Folia no Festival de Cultura. Dois dias de festas, dois dias de cultura”, explica Barroso neto. 

Segundo o gestor, Barroso Neto, ele diz que nos dias 29 e 30 de outubro teve as comemorações culturais, e no dia 31 de outubro e 01 de novembro uma grande estrutura de som, palco, iluminação e uma equipe de segurança, foi montada para a população prestigiar o evento.

Barroso, ainda frisa o alto investimento no festival, mas já percebe o retorno na economia da cidade. “É uma grande satisfação, um investimento enorme com essas grandes bandas, não é fácil, os recursos buscado no município. No dia 31 de outubro, pagamos todos os salários referentes ao mês, é hoje, estamos fazendo uma festa com públicos diferentes, é uma conquista”, diz o gestor da cidade, Barroso Neto.

A festa contou com animação das bandas Caninana do Forró e Eric Land no dia 31 de outubro e com Fernando Pisadinha e a banda Saia Rodada na última noite, além de atrações locais e regionais que abrilhantaram ainda mais um dos maiores eventos festivos do interior do Piauí. 

O vice-prefeito, Nego de Boza, ressalta que o público vem crescendo a cada edição no Festival de Cultura. “Ano passado a gente trouxe bandas renomadas, hoje, a gente repete trazendo atrações que o povo aprova. O público aplaudiu as bandas que a gente trouxe, nos prestigiaram, então, só temos que agradecer a todo público presente”, afirma Nego de Boza.

De acordo com o vice-prefeito, mesmo com a grande crise que o país vem enfrentando, eles não se intimidaram. “Embora a dificuldade financeira que o Brasil passa, essa grande crise que a gente passa, principalmente as prefeituras, mas o nosso prefeito teve a coragem de trazer atrações com renome nacional para que as pessoas pudessem curtir para valer, pois o lazer faz parte das pessoas”, pontua Boza.

Novos investimentos

Segundo o vice-prefeito, Nego de Boza, o festival de Cultura não proporciona só festas e momentos culturais, mas sim, vários investimentos para o município. “O prefeito Barroso Neto sempre viaja para Brasília, Teresina, em busca de recurso para o nosso município, conseguimos, um caminhão baú para fazer mudanças das pessoas mais carentes. Mais um trator para ajudar o homem do campo. Reformamos agora o nosso estádio de futebol, através de um projeto do senador eleito Marcelo Castro. Construímos 14 mil metros de calçamentos, um novo cemitério. Melhoramos todas as estradas do município”, finaliza o vice-prefeito do município.  

Presente no evento o diretor Geral do Hemopi, Jurandir Filho, que é irmão do prefeito, Barroso Neto, avaliou que além da parte festiva, o Festival de Cultura tem sido muito importante principalmente para o resgate do folclore santacruzense e nordestino. “Tivemos muita apologia a literatura de Santa Cruz, apresentações culturais como reisado e a leseira. Tudo no intuito maior de sensibilizar a população de Santa Cruz e da Região para a cultura”, pontua.

Por Wesley Monteiro / Cidades em Foco

A fala do diretor do Hemopi é de autoria do portal O Povo