28.2 C
Piauí
15 de outubro de 2019
Cidades em Foco
Betânia do Piauí Geral

Prefeitura reúne servidores e discute sobre prevenção ao suicídio em Betânia do Piauí

A gestão do prefeito Fábio Macedo em parceria com as secretarias municipais de Assistência Social, Saúde e Educação, promoveu, na última terça-feira, 17, uma capacitação para os profissionais do município sobre “Prevenção e Posvenção ao Suicídio”, esse primeiro momento aconteceu na sede do CRAS, e foi ministrado por Késia Mesquita e Fernando Gutman da ONG Centro Débora Mesquita de Teresina.

Após a capacitação foi realizado o segundo momento com uma palestra sobre valorização da vida, na Praça Manoel Cavalcante, onde foi ministrada por Késia Mesquita. Estiveram presentes o prefeito municipal Fábio Macedo, a primeira dama Taciana Carvalho, a vice-prefeita Luzinete Rodrigues, secretários municipais, vereadores e lideranças religiosas de Betânia do Piauí.

O prefeito Fábio Macedo agradeceu a ONG por ter vindo de tão longe passar valiosas informações para a população betanhense. O gestor agradeceu a toda equipe envolvida que não mediu esforços para a realização do evento e agradeceu a toda a população que se fez presente.

“É de extrema importância falar mais do assunto, para que ninguém sofra com a perca de um ente querido por suicídio assim como eu, que perdi um irmão. E acredito que se todos estão nessa vida, é porque temos algo a cumprir, Deus tem um propósito para cada um, e para que saibamos qual é, temos que continuar vivendo”, concluiu o prefeito.

A palestrante Késia Mesquita destacou que sempre é um privilégio e uma expectativa muito grande que a partir desse trabalho muitos frutos surgirão. Ela relatou que é maravilhoso ver o empenho do pessoal da educação e saúde, fazendo esse trabalha de busca de informações para melhor ajudar a população do município.

“Estou muito feliz, o pessoal foi muito receptivo e ótimo. E creio em muitos frutos desse trabalho. Remediar é sempre mais custoso e doloroso. A prevenção é mais importante, o acolher, o respeito, o amor e o cuidado com o outro. Ou seja, resgatar a nossa humanidade de estarmos mais atentos para ouvir e não de ficar nesse ritmo louco da nossa sociedade”, pontuou a palestrante.

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais