32.1 C
Piauí
22 de janeiro de 2020
Cidades em Foco
Acauã Conceição do Canindé Economia Geral Jaicós Santa Cruz do Piauí São Francisco de Assis São João do Piauí Simplício Mendes

Prefeituras municipais recebem R$ 2,9 bilhões no primeiro FPM de março

Cerca de R$ 2,9 bilhões serão transferidos às Prefeitura nesta sexta-feira, 9 de março. De acordo com a CNM, a verba, referente ao primeiro repasse do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) do mês, considera o porcentual constitucional destinado ao Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (Fundeb). Sem considerar a retenção destinada ao financiamento educação, chamado de valor bruto, o montante será de R$ 3,6 bilhões.

Com base nos dados disponibilizados pela Secretária do Tesouro Nacional (STN), a Confederação Nacional de Municípios (CNM) calcula crescimento de 24,55%, em relação ao montante repassado no mesmo período do ano anterior, sem considerar os efeitos da inflação. Em 2017, foram repassados R$ 2,9 bilhões em valores brutos, mesma cifra transferida este ano, mas considerando o desconto do Fundeb.

Quando se consideram os efeitos inflacionários, o levantamento da Confederação aponta aumento no primeiro repasse de março de 21,80%. Os números da entidade também apontam crescimento no acumulado do Fundo, em comparação com o ano anterior. De janeiro até agora, o FPM soma R$ 22,3 bilhões e crescimento de 10,59% em termos nominais. Nesse mesmo período de 2017, a conta estava em pouco mais de R$ 20 bilhões.

Ao considerar o comportamento da inflação, segundo destaca o levantamento da CNM, o FPM acumulado cresceu 7,78% em relação ao mesmo período do ano anterior. Mesmo com o resultado positivo, comparado ao ano passado, a CNM recomenda planejamento e cautela. Como os gestores locais sentem a sazonalidade do Fundo, anualmente, que tende a ter redução drástica ao final do primeiro semestre, a necessidade de cumprir o estratégico faz-se necessário, para não haver surpresas negativas no segundo semestre.

Veja o levantamento completo AQUI

 

 

Fonte: PortalR10

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais