24.2 C
Piauí
25 de junho de 2022
Cidades em Foco
Economia Geral

Produção de energia eólica no Piauí cresce e serão ofertados cursos profissionalizantes na área

A energia eólica é a transformação da energia do vento em energia útil. Enquanto alternativa aos combustíveis fósseis é renovável, está permanentemente disponível, pode ser produzida em qualquer região, é limpa, não produz gases durante a produção e requer menos espaço físico.

Em Parnaíba, duas grandes empresas do ramo se instalaram na região da Praia Pedra do Sal. Os aerogeradores podem ser vistos a quilômetros de distância. Juntando os dois Parques Eólicos, a produção chega a 88 megawatts (MW). A energia é recebia na subestação Tabuleiros, capaz de abastecer por completo a cidade de Parnaíba e toda a região norte do Piauí.

Nos dois parques eólicos, os 55 aerogeradores produzem a energia. Segundo o engenheiro Paulo Roberto, a implantação de uma das usinas durou cerca de 14 meses. Ao todo, já foram investidos R$ 270 milhões.

“A partir da força dos ventos a pá gira e acoplada a um gerador elétrico, a energia é conduzida até a subestação onde um transformador recebe toda a energia gerada”, disse Paulo Roberto.

A energia tem voltagem elevada, mas se mantém de qualidade. Apenas em uma estrutura de aerogeradores são utilizadas mais de 35 toneladas de aço. Ainda assim, os produtores da região usam os terrenos onde estão implantados os aerogeradores para extrativismo.

A ideia dos fundadores das empresas de energia eólica e Instituto Federal do Piauí é ofertar Curso técnico de sistema de energia renovável com ênfase em energia eólica.


 

 

Fonte: Meio Norte

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais