25.6 C
Piauí
24 de outubro de 2020
Cidades em Foco
Destaque Educação Geral

Professora e alunos da Uespi sofrem ataques virtuais e palestra é encerrada

Foto: Mais Oeiras

A professora doutora Marylu Alves de Oliveira e alunos da Universidade Estadual do Piauí (Uespi), do campus de Oeiras, sofreram ataques verbais preconceituosos durante uma palestra intitulada Anticomunismo Brasileiro: passado e presente. O evento, que ocorreu na noite dessa quarta-feira (23), era realizado pelo curso de Licenciatura em História e transmitido por uma plataforma digital.

Além de xingamentos e palavrões, os ataques ocorreram também por meio de imagens e vídeos pornográficos. Após a invasão cibernética, a palestra foi encerrada.

A Uespi enviou nota de repúdio em que diz que os ataques virtuais foram feitos por pessoas que não pertencem à instituição de ensino.

“Ataques e invasões cibernéticas, infelizmente, estão acontecendo em outras instituições de ensino no Brasil e a reação deve ser a mesma: indignação e registro de denúncia na delegacia especializada em crimes virtuais”, diz trecho da nota.

Pelas redes sociais, a professora tem recebido várias mensagens de apoio.

Fonte: CidadeVerde

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais