29.9 C
Piauí
6 de fevereiro de 2023
Cidades em Foco
ConcursosGeralInternacional

Publicado edital do concurso da Receita Federal com salário de até R$ 21 mil

Foto: Arquivo/Cidadeverde.com

A Receita Federal publicou, nesta segunda-feira (5), o edital do concurso do órgão com 699 vagas, sendo 469 para analista tributário e 230 para auditor fiscal. As remunerações iniciais são de R$ 11.684,39 e R$ 21.029,09, respectivamente.

As inscrições começam na próxima segunda-feira (12), às 16h, e poderão ser realizadas até o dia 19 de janeiro. O cadastro deverá ser feito no site do concurso e as taxas serão de R$ 115 para o cargo de analista tributário e de R$ 210 para o cargo de auditor fiscal.

Do total de vagas, 523 são destinadas à ampla concorrência, 36 a pessoas com deficiência e 140 a negros.

SELEÇÃO CONTARÁ COM CURSO DE FORMAÇÃO

A banca organizadora do concurso da Receita Federal é a FGV (Fundação Getulio Vargas) e o exame será realizado em duas fases:

PRIMEIRA FASE

– Prova objetiva: Será realizada no dia 19 de março e terá 140 questões, sendo 80 de conhecimentos básicos e 60 de conhecimentos específicos para o cargo de auditor fiscal; 70 de conhecimentos básicos e 70 de conhecimentos específicos para o cargo de analista tributário

– Prova discursiva: Também será feita no dia 19 de março e terá duas questões de conhecimentos específicos para o cargo de auditor fiscal e uma questão de conhecimento específico para o cargo de analista tributário

– Pesquisa de vida pregressa: Analisa o perfil do candidato nos âmbitos social, funcional, civil e criminal, além de possível incompatibilidade para exercer o cargo

As duas primeiras etapas serão de caráter classificatório e eliminatório e serão realizadas em todas as capitais do país. A última, de caráter apenas eliminatório, será online.

Serão eliminados candidatos que:

– Acertarem menos que 50% das questões básicas ou específicas da prova objetiva
– Zerarem alguma das disciplinas abordadas na prova objetiva
– Deixarem as questões discursivas em branco ou ilegíveis
– Forem classificados como não recomendados na pesquisa de vida pregressa

SEGUNDA FASE

– Curso de formação profissional: O curso de formação será realizado a distância, de forma online e contará com uma semana de integração presencial dos candidatos. As provas serão aplicadas presencialmente nas cidades de Brasília, Manaus, Recife, São Paulo e Curitiba e a alocação levará em consideração a preferência do candidato e a ordem de classificação.

Mais detalhes dos curso de formação serão publicados em edital específico.

POR LUIZ PAULO SOUZA
RIBEIRÃO PRETO, SP (FOLHAPRESS) 

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais