20.5 C
Piauí
16 de julho de 2019
Cidades em Foco
Economia Geral

Puxado pela construção civil, Piauí gera mais de mil empregos em maio

O Piauí registrou saldo positivo de 1.040 empregos formais em maio. Foram 9.069 admissões contra 8.029 demissões. Este é o segundo mês consecutivo em que o Estado fecha o mês no azul quanto à geração de empregos, mas o resultado foi bem melhor que em abril, quando o saldo foi de apenas 7 postos. Os dados foram divulgados na quinta-feira (27) pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED).

Geração de empregos no Piauí em 2019
Janeiro: -1.905
Fevereiro: -400
Março: – 805
Abril: + 7
Maio: + 1.040

 

Apesar do bom resultado de maio, o saldo do ano permanece negativo, com 1.502 postos de trabalho a menos. Em 12 meses (de junho de 2018 a maio de 2019), o saldo está positivo em +1.196.

Entre os municípios piauienses, Teresina e União tiveram os melhores saldos, com +300 e +237 respectivamente.

O resultado de maio de 2019 é melhor que o do mesmo mês do ano passado, quando o Estado registrou 746 empregos a mais. É também o melhor saldo para o mês dos últimos seis anos.

Setores

A Construção Civil continua apresentando bons resultados no Estado. Em maio, foram abertos 673 novos empregos no setor, o que significa o melhor desempenho entre todos os setores. Em segundo lugar, ficou a Indústria da Transformação, com 240 postos criados e depois o setor de Serviços, com 100. Agropecuária (+93), Extrativa Mineral (+41) e Serviços de Utilidade Pública (+10) também ficaram no azul.

Com saldo negativo ficaram os setores de Comércio (-116) e administração pública (-1). A queda do comércio deu-se no atacado. Foram 119 postos fechados. No varejo, o saldo ficou positivo (+3).

 


Brasil e Nordeste

Em maio, o país registrou saldo positivo de 32.140 empregos. O Nordeste teve 3.319 postos criados. O Piauí foi o terceiro Estado com melhor resultado na região, atrás apenas da Bahia (2.540) e de Pernambuco (1.701). O pior resultado entre os Estados do Nordeste foi no Ceará (-1.428). No país, o melhor destaque foi em Minas Gerais (+18.380) e o pior foi no Rio Grande do Sul (-11.207).

Fonte: CidadeVerde

Notícias relacionadas

Uespi de Picos oferece especialização gratuita

Junior Oliveira

Robson Farra lança novo CD nesta sexta-feira na Praça do PCC em Picos

Junior Oliveira

Estelionatário usava de ‘influência’ com políticos para aplicar golpes

Junior Oliveira

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais