23.6 C
Piauí
16 de julho de 2019
Cidades em Foco
Geral Política

Regina Sousa diz que áudios revelam trama para derrubar Dilma

A senadora Regina Sousa, presidente do PT no Piauí, afirmou que os áudios divulgados na última semana revelam a trama para derrubar a presidente Dilma Rousseff (PT). Ela disse que se surpreendeu pela quantidade de pessoas envolvidas, desde procuradoria, ao próprio supremo e também imprensa e políticos, com o objetivo de frear as investigações da operação Lava Jato.

“Surpreende quando a gente vê todos os segmentos envolvidos, todo mundo querendo derrubar a presidente Dilma e o que é mais grave, para frear investigações contra eles mesmos”, declarou a senadora.

Segundo ela, essas armações ficaram bem claras, principalmente nos áudios que envolvem Romero Jucá, atual ministro do  planejamento. “E o país na acordou para a gravidade de tudo isso”.

Ela disse que as medidas do governo temporário do presidente Michel Temer (PSDB), não beneficiam país, o que ratificou como “andar de baixo”. Para ela, a meta fiscal aprovada recentemente foi uma grande jogada política de Temer e que foi aprovado um “cheque em branco”.

“A Dilma mandou para o Congresso uma meta fiscal de R$ 96 bilhões, mas ela não disse para que era. Eles aprovaram  R$ 176 bilhões e não disseram para o que era. Foi um cheque em branco para eles gastarem com o que quisessem”, afirmou.

Impeachment
A senadora crê que os escândalos dos áudios podem ajudar a reverter o processo de impeachment que tramita no Senado.  De acodo com ela, 10 senadores que votaram a favor do impeachment reafirmaram que não votaram no mérito do processo, mas apenas pela sua admissibilidade.

Eleição municipal
Regina acredita que o partido não deve ter candidatura própria devido a própria dificuldade que vive em âmbito nacional “É difícil  uma candidatura própria para o partido com tudo que a gente está vivendo desde o ano passado até agora e ficar isolado não  é bom uma possível coligação”
Regina também não vislumbra uma aliança entre PSDB e PT e devido à conjuntura nacional. “Não é pela pessoa do Firmino, eu tenho uma relação boa com ele, mas o PSDB é nosso adversário e fica difícil uma aliança”

 

 

 

 

Yala Sena (Flash) / Cidade Verde

Notícias relacionadas

Lava Jato: nova fase prende empresário e pecuarista no DF

Junior Oliveira

Presidente do TJ-PI abre ano judiciário e confirma concurso para juízes e servidores

Junior Oliveira

Rodovia BR-316 que liga Picos a Teresina deve ser duplicada

Junior Oliveira

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais