37.1 C
Piauí
17 de outubro de 2021
Cidades em Foco
Geral Política

Rejane Dias critica preço do gás e diz que governo federal só cria dificuldades

Deputada Federal Rejane Dias

A deputada federal Rejane Dias (PT) criticou nesta terça-feira (21) o preço do gás de cozinha. O produto, segundo ela, passa de R$ 110 e fica inviável para a população mais carente. A situação, de acordo com a parlamentar, trouxe de volta a lenha para os lares das pessoas.

“Hoje quem recebe o Bolsa Família vai ter que optar: ou compra o botijão ou compra os alimentos. O botijão está custando mais de 110 reais. As pessoas estão voltando a cozinhar a lenha. É algo doloroso”, disse a deputada em entrevista à TV Cidade Verde.

Segundo Rejane, a Câmara Federal está de olho na situação e vários projetos de lei tentam baratear o preço.

“A política dos combustíveis e do gás está atrelada ao dólar. Estamos na Câmara trabalhando para puxar o preço para baixo”, declarou.

Sobre o ICMS, a deputada destaca que uma eventual redução nas alíquotas pode ser discutida, no entanto, penalizaria os estados em plena crise causada pela pandemia.

“Podemos até discutir, mas quem mais arrecada é a União em detrimento aos estados. O ICMS é a maior arrecadação dos estados, tirar isso numa situação que está hoje de crise é muito complicado”, afirmou, ressaltando os embates entre o Palácio do Planalto e governadores sobre o tema.

“Nós temos um governo (federal) que é o tempo todo criando dificuldades”, finalizou.

Do CidadeVerde

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais