25.2 C
Piauí
20 de agosto de 2022
Cidades em Foco
DestaqueGeralPolítica

Republicanos não lança candidato ao governo e prioriza apoio dado pelas lideranças

Foto: Renato Andrade/Cidadeverde.com

O Republicanos realizou convenção nesta quinta-feira (4), em Teresina, e homologou candidaturas a deputado federal e estadual. O partido não vai lançar candidato ao governo e liberou suas lideranças para apoio majoritário. Os principais nomes do partido chegaram juntos à convenção. O evento aconteceu no Clube do Gari. O prefeito de Teresina, Dr. Pessoa, ressaltou que só dirá quem vai apoiar para o governo se tiver 2º turno.

“Eu pessoalmente só no 2º turno, se houver. No 1º turno não vou pontuar ninguém, mas não estou com laço no pescoço de ninguém, que de maneira republicana não decline para aqui ou para ali. Não vou dizer: vá para aqui, vá para acolá”, disse Pessoa.

O prefeito de Teresina, Dr. Pessoa, disse que a expectativa é que o partido eleja quatro parlamentares na Assembleia Legislativa do Piauí e até dois em nível federal.

“Nós pegamos esse partido faltando menos de 8 dias para fechar a janela e as portas. Nós conseguimos em menos de 8 dias formar uma chapa proporcional para deputado federal e estadual.. Vamos eleger de três a quatro deputados estaduais e de uma a dois federais. Ao Governo não vou apoiar ninguém agora, só no 2° turno”, disse o prefeito.

Já o vice-prefeito, Robert Rios, disse que a convenção mostra a força do Republicanos e declarou expressamente apoio ao candidato petista Rafael Fonte les (PT) o caracterizando como “uma mente brilhante”.

Pessoinha, presidente estadual do partido, abriu a convenção e avaliou a chapa como forte e competitiva. Durante o evento foram lançados 11 candidatos a deputados federais e 20 estaduais que discursaram no palanque com promessas de campanha.

Desde o início da tarde, a movimentação é intensa no Clube do Gari, na zona Norte de Teresina, onde ocorre a convenção. Dentro e fora do clube, apoiadores declaram quem são seus candidatos por meio de cartazes, bandeiras e caras pintadas.

Enquanto algumas lideranças declaram apoio expresso a candidatos ao Governo, como o vereador Jeová Alencar que confirmou estar com Silvio Mendes, outros ainda protelam a decisão. O pastor Gessivaldo, por exemplo, disse que só se posicionará após a assinatura da ata.

Flash Graciane Araújo
redacao@cidadeverde.com

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais