River do Piauí sofre maior goleada da Copa São Paulo, mas segue com chances

Eu comentei aqui que a principal missão do River era conter a euforia após a vitória por 3 a 0 sobre o Capivariano (SP), na estreia na Copa São Paulo de Futebol Júnior. Mas o problema contra o Botafogo nem foi esse.

Neste sábado (6), na mesma arena Capivari, o River enfrentou um time superior, como descreveu o técnico Giva Albuquerque: “Davi contra Golias”.

No primeiro tempo, o Golias não atirou uma pedra.

Logo aos cinco minutos, o árbitro entendeu que a bola tocou no braço de Vitor, do River, e marcou pênalti. Luan cobriu e abriu o placar.

Depois disso, o goleiro Vinícius apareceu várias vezes e virou o destaque do River no jogo. Fez pelo menos três defesas importantes até sofrer um novo gol: aos 31 minutos, no chute forte de Rodrigo na entrada da grande área e fez 2 a 0.

Aos 35, mais um pênalti: João Vitor deixou o pé e derrubou Pedro Alves. Luan cobrou no outro canto: 3 a 0.

Aos 46, a goleada foi confirmada com um gol de cabeça de Luan.

No intervalo, o técnico Giva fez cinco alterações (na Copinha isso é permitido). O River tentou marcar a saída de bola do Botafogo – e por alguns momentos isso até deu certo.

Mas o time fluminense parecia a Alemanha…

Reprodução

Aos 16 minutos, Luan pegou o rebote do Vinícius, driblou o goleiro e fez 5 a 0.

Aos 33, depois da bola bater na trave, Ruan marcou mais um.

No fim da partida, Mateus Bastos ainda botou o peito no cruzamento da esquerda e fez 7 a 0. Até agora, a maior goleada da Copa São Paulo de 2018.

O voo foi alto. A queda foi maior, pelo menos no placar. Mas nem tudo está perdido. Resta saber como os garotos do River vão assimilar essa goleada. As chances de classificação são reais e é preciso evitar que a derrota de hoje derrube o time psicológicamente.

No outro jogo de hoje do Grupo 13, o Capivariano (SP) goleou o Velo Clube (SP) por 5 a 0.


Fonte: FPF

Chances do River
Na última rodada, na terça-feira (9), o River enfrenta o já eliminado Velo Clube, às 13h (horário de Teresina). Logo depois, às 15h, Capivariano e Botafogo entram em campo para fechar o Grupo 13.

Com o Velo Clube sem pontos, apenas River, Botafogo e Capivariano disputam duas vagas para a próxima fase. Se vencer seu jogo, o Galo joga pressão para o time de Capivari, que precisará vencer os fluminenses para ficar com a vaga. Contudo, com a goleada de hoje, basta 1 a 0 para os paulistas se classificarem.

No fim do jogo, Giva explicou que fez as mudanças para poupar os titulares para o jogo com o Velo Clube, já pensando na classificação para a próxima fase. Talvez o placar do jogo de hoje não importe tanto para os tricolores. Agora é pensar na próxima partida.

 

 

Fonte:CidadeVerde

Compartilhar:

Júnior Oliveira

Diretor Geral