23.6 C
Piauí
16 de julho de 2019
Cidades em Foco
Geral Piauí

Rubem Martins diz que cargos são para estruturar a reeleição de Wellington Dias

De acordo com o parlamentar, o governador Wellington Dias está fazendo uma politicagem vergonhosa para o estado. Ação do PSB quer impedir nomeação.

O deputado estadual Rubem Martins (PSB) declarou, na manhã desta terça-feira (28), na Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi), que a criação de novos cargos pelo Governo do Estado serve apenas para acomodar aliados e que o governador Wellington Dias está pensando apenas na reeleição em 2018.

O parlamentar lidera uma ação contra a possível nomeação do deputado Pablo Santos (PMDB) na Fundação Hospitalar do Estado, que deve ser criada para acomodar o agora novo aliado do governo. O ato estaria em desacordo com a constituição federal, que proíbe deputados de assumirem cargos de segundo escalão.

“Na criação das coordenadorias, o governador com aquele jeito dele conhecido de ‘falsiar’ as informações, disse que não seria criado nenhum cargo novo do Governo. Na verdade, eu estou com minha equipe do gabinete provocando a imprensa investigativa para que acompanhe no Diário Oficial do Estado se as nomeações dos 81 novos cargos vão corresponder ao número de exonerações, porque o que ele disse foi que não seria criado nenhum cargo novo, seriam apenas remanejados”, disse.

O deputado afirmou que, no seu entendimento, esse remanejamento seria feito de forma que, cada nomeação corresponderia, portanto, a uma exoneração.

“Não é isso que vai acontecer. Eu estou chamando a atenção do Estado do Piauí, porque um economista com o mais básico dos conhecimentos recomenda que o setor público demita, que controle despesas, que controle custos da máquina administrativa e o Piauí está se dando ao luxo de ampliar despesas, criando novas estruturas, novos cargos. No meu entendimento, isso tem o objetivo específico de estruturar para a reeleição do governador Wellington Dias”, ressaltou.

Rubem disse que o que governador faz é uma politicagem vergonhosa para o estado.  “O governador está entrando com novos processos de empréstimo colocando em risco a estabilidade futura do estado, então ele vai viver esse céu de brigadeiro que ele diz, de uma forma falsa, utilizando recursos externos de empréstimos para manter a máquina administrativa dos estado funcionando apenas com o objetivo da reeleição”, finalizou.

 

Fonte: 45Graus

Notícias relacionadas

Convenções estão liberadas a partir de quarta-feira (20)

Junior Oliveira

Rodrigo Maia pede apoio de prefeitos para aprovação da reforma da Previdência

Junior Oliveira

Jacobina: Pequeno Alysson completa 8 anos e ganha festa de aniversário do seus pais; Veja fotos!

Junior Oliveira

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais