25.6 C
Piauí
25 de outubro de 2020
Cidades em Foco
Geral Paulistana Picos São João do Piauí Wall Ferraz

Seis cidades do Piauí voltam atrás e suspendem a reabertura do comércio, diz APPM

Prefeituras de seis cidades do Piauí voltaram atrás e decidiram suspender a reabertura do comércio após uma recomendação feita pelo Ministério Público para o cumprimento do decreto do Governo do Estado, que ampliou o isolamento social até o dia 22 de junho. Os dados são da Associação Piauiense dos Municípios (APPM).

O relatório foi divulgado pela associação nesta quarta-feira (17) e foi atualizado pela última vez às 14h22.

Conforme a APPM, as cidades que acataram a recomendação foram: Campo Maior, Capitão de Campos, Madeiro, Nossa Senhora de Nazaré, Castelo do Piauí e São João do Piauí. Embora a associação não tenha sido notificada, a Prefeitura de União também determinou novamente o fechamento do comércio.

Entretanto, cinco municípios do estado informaram que vão seguir com a retomada das atividades comerciais de maneira gradual. São eles: Floriano, Júlio Borges, Picos, Nazaré do Piauí e Wall Ferraz.

Segundo a associação, as cidades de Santana do Piauí, Paulistana e São João do Arraial irão seguir parcialmente o decreto estadual. O prefeito de São José do Peixe ainda está avaliando a decisão. A administração municipal de São Braz do Piauí e Anísio de Abreu ainda não informaram sobre o assunto.

A APPM compõe o Comitê de Operações Emergenciais (COE) destinado à pandemia da Covid-19. A associação ressaltou que a recomendação dada por ela é de que os gestores sigam os decretos do Governo do Piauí. Os municípios que não suspenderam ou que suspenderam parcialmente estão seguindo o Pacto de Retomada Organizada das Atividades Econômicas do Piauí (Pro Piauí), do Governo do Estado, e ouvindo o Ministério Público.

Fonte: G1-PI

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais