20 C
Piauí
22 de setembro de 2019
Cidades em Foco
Geral Polícia

Sem recursos para patrulhamento, PRF de Picos só atenderá acidentes e ocorrências policiais

A Polícia Rodoviária Federal foi mais um dos órgãos governamentais afetados pelos recentes cortes no orçamento anunciados pelo Governo Federal na tentativa de manter as contas públicas em equilíbrio. O problema é que a medida coloca em xeque a segurança nas rodovias que cortam o país de Norte a Sul e são a principal forma de locomoção entre brasileiros.

Em Picos, a redução no orçamento motivou a alteração no horário de atendimento da 4ª Delegacia da PRF, que agora funciona em expediente corrido, de 7h às 13h, e não mais em dois expedientes. A mesma medida também foi adotada em outros estados brasileiros visando economizar gastos.

“Como toda a PRF tem sofrido com esse contingenciamento, a Delegacia de Picos também não é diferente. A gente passa pelo contingenciamento no que se refere ao setor de fiscalização, nos postos de Alegrete, Picos e Valença”, explica o policial rodoviário Jorge Madeira, acrescentando que o contrato de abastecimento com previsão de duração até o final do ano foi limitado, obrigando a redução dos deslocamentos das viaturas, que não farão mais o patrulhamento de rotina em horários alternados.

“Agora as viaturas não vão mais se deslocar, até uma segunda ordem, como se deslocavam até então em rondas pela manhã, tarde e noite. E vão passar a deslocar-se apenas em situações de ocorrências policiais ou situações de ocorrência de acidente de trânsito”, destaca o policial rodoviário.

Jorge Madeira pondera que a preocupação maior da corporação é com os riscos que o contingenciamento traz para quem trafega pelas rodovias brasileiras – agora carentes de fiscalização.

“Esse é o nosso grande medo: que a limitação do orçamento venha provocar um aumento não querido nos números de acidentes e ocorrências criminais, tendo em vista que pode se passar a sensação de que as rodovias estão sem fiscalização, já que as viaturas não têm como sair a não ser ocorrências criminais e acidentes de trânsito”, pontua.

Com a limitação de combustível para deslocamentos, a fiscalização foi intensificada no posto da PRF na altura do povoado Mirolândia.

 

Fonte:Grande Picos

Notícias relacionadas

Pablo Santos destaca saúde, cultura e infraestrutura como prioridades para novo mandato

Junior Oliveira

Fotos da solenidade de posse da nova mesa diretora da Câmara de Lagoa do Barro do Piauí

Junior Oliveira

Luan Santana faz escândalo em camarim de show, diz site

Junior Oliveira

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais