Senadores do PT chegam ao Piauí e defendem eleições diretas em 2017

Os senadores do PT, Gleisi Hoffmann e Lindbergh Farias, desembarcaram por volta das 12h30 nesta sexta-feira(26), no aeroporto de Teresina e defenderam a aprovação da PEC para a realização de eleições diretas que tramita no Congresso Nacional. Além disso, os dois que são candidatos à presidência do Diretório do PT Nacional, acreditam que as discussões no partido devem levar a um consenso para formação de chapa única.

“O governo já acabou. Estão tentando fazer um arranjo para continuar, mas está muito difícil. Acho que o Congresso tem que suspender as reformas e se dedicar à emenda pelas eleições diretas. Vamos tentar de todo jeito, conseguimos já bagunçar um pouco a ideia de que teria que ser aprovada a reforma trabalhista.

_Então defendemos que pare completamente a tramitação dessa proposta e sobretudo no meio dessa crise com esse governo ilegítimo, não é possível que essas reformas sejam aprovadas. Não vamos deixar votar, prosperar”, destacou Gleisi Hoffmann.

O senador endossou as palavras de Gleisi dizendo que só as eleições diretas vão resolver, pelo menos inicialmente, o problema do país. “As eleições indiretas não vão resolver, vamos continuar com o presidente fraco, então só há um caminho que são as eleições diretas”.

De acordo com Lindberg Farias, a possibilidade de aprovação da Reforma da Previdência já acabou e a Trabalhista, a oposição vai conseguir barrar do senado. Já que não é necessário um quórum qualificado para aprovação.

Lindberg, que é relator da PEC que trata das eleições diretas no Senado, garantiu que ela será votada na próxima semana. “Vamos trabalhar com tudo para que ela seja aprovada, porque não vamos aceitar uma eleição pelo parlamento. Nem a população vai aceitar. Ainda mais com a presença desse governo ilegítimo”.

 

Eleições da executiva nacional

Os dois senadores são candidatos à presidência do PT nacional e ambos confirmaram que tudo caminha para que haja um consenso que reflita a formação de chapa única.

A petista não afirmou que seu nome seria escolhido para presidir a sigla, embora venha sendo veiculado como o mais forte para ocupar o cargo. No entanto, ela confirmou que já é trabalhado e discutido um nome consensual internamente.

Para ela, mais do que nunca o PT precisa de uma unidade e um entendimento quanto as eleições internas são um bom momento de revigorar essa ideia.

“Vamos trabalhar pra isso. O partido tem feito debates para mostrar que tem muita coisa que nos une é que pensamos parecido, eu e Lindebergh. E devemos pactuar um acordo. Será uma disputa equilibrada. Nesse momento o PT precisa se unir, precisa de uma unidade”, destacou Gleisi.

Também de acordo com Lindbergh, “pode haver um consenso”. “Pode se construir uma unidade até lá. […] Ela é uma excelente senadora, corajosa e também vai saber conduzir essa campanha por eleições diretas”, ressaltou.

As eleições do partido acontecerão no início de junho, no Congresso Nacional do partido.

Eleições de 2018

Os senadores lembraram que um das estratégias do PT, inclusive durante esses eventos que os dois estão realizando juntos pelos estados, é reforçar a campanha eleitoral do ex-presidente Lula à presidência para 2018.

“Nós precisamos nesses encontros, em todos os estados, reforçar esse projeto da eleição de Lula para presidente em 2018”, afirmou.

  • 7a294a2f-a8f9-4424-bc23-f89757e504dd.jpgWilson Filho/Cidadeverde.com
  • c9ac7c43-7bfa-4bb0-a867-346b2a409234.jpgWilson Filho/Cidadeverde.com
  • a78cc109-fb16-4630-ac60-2831abc13931.jpgWilson Filho/Cidadeverde.com
  • 35e49054-868a-4dae-a365-0609d0f41636.jpgWilson Filho/Cidadeverde.com
  • 25ed9b2f-c3bc-44c8-827c-cacd0069a3d6.jpgWilson Filho/Cidadeverde.com
  • 7a294a2f-a8f9-4424-bc23-f89757e504dd1.jpgWilson Filho/Cidadeverde.com
  • 2e50cff4-b104-48dd-880e-c7e63d096bdf.jpgWilson Filho/Cidadeverde.com
  • 0bd4b96a-7466-402c-94ba-db01cbbad39b.jpgWilson Filho/Cidadeverde.com
  • ef4c145f-f1d2-4202-8894-1a282575b42f.jpgWilson Filho/Cidadeverde.com
  • ebe49f63-2340-4c32-a163-97e9716e36d4.jpgWilson Filho/Cidadeverde.com
  • dfb4ba67-7cce-48e9-a5fb-98c1b6c26261.jpgWilson Filho/Cidadeverde.com
  • cd0d4f42-18e2-4beb-811e-88f15603f50d.jpgWilson Filho/Cidadeverde.com
  • c9b32df8-97c4-41f9-8411-39c1bd46b814.jpgWilson Filho/Cidadeverde.com
  • c5c462f2-89a0-45cb-97f9-1f7c257b7547.jpgWilson Filho/Cidadeverde.com
  • a37abf00-4926-4015-8963-c20d43b318bd.jpgWilson Filho/Cidadeverde.com
  • a0b9ebd2-f1b8-48d3-8c3a-715de1ea3e1f.jpgWilson Filho/Cidadeverde.com
  • 81af9c35-4899-40b0-af3d-9547996f9137.jpgWilson Filho/Cidadeverde.com
  • 50b0505c-fbd2-478c-b1fb-997db5f527a8.jpgWilson Filho/Cidadeverde.com
  • 11f40154-6f37-4d41-89e1-386beecd0924.jpgWilson Filho/Cidadeverde.com
  • 7e47a3e5-2251-4528-9de8-1f76f6a47abd.jpgWilson Filho/Cidadeverde.com
  • 7a294a2f-a8f9-4424-bc23-f89757e504dd.jpgWilson Filho/Cidadeverde.com
  • c9ac7c43-7bfa-4bb0-a867-346b2a409234.jpgWilson Filho/Cidadeverde.com

 

Fonte:CidadeVerde