27.8 C
Piauí
30 de março de 2020
Cidades em Foco
Geral Piauí Saúde

Sesapi descarta 3 mortes por suspeita de coronavírus no Piauí

Foto: Cadu Rolim /Fotoarena/Folhapress

A Secretaria de Estado da Saúde descartou nesta quarta-feira (25), a suspeita de três óbitos por coronavírus no estado. Os exames foram feitos no Laboratório Central do Piauí (Lacen/PI). Segundo a Sesapi, foram descartadas uma morte em Bom Jesus, uma em Teresina e outra em Oeiras.

Os pacientes que morreram são das cidades de Avelino Lopes e Redenção do Gurguéia, ambos com atendimento em  Bom Jesus; São João da Varjota, atendido em Oeiras; Anísio de Abreu e Guaribas, atendidos no Hospital de São Raimundo Nonato  e dois casos de Teresina. Desses sete casos, três deram negativos para Covid-19. Os outros quatro casos suspeitos continuam sendo investigados.

Segundo a Sesapi, os pacientes atendidos em Bom Jesus foram um homem de 77 anos e uma criança de sete anos;  uma criança do sexo feminino de  13 anos, atendida em Oeiras; uma criança de um ano de idade, do sexo feminino e um homem de 52 anos, atendidos em São Raimundo Nonato, além de dois homens de Teresina, de  53 e 19 anos, coletaram amostras de swab que foram enviadas ao Lacen para  investigação dos óbitos.

De acordo com a coordenação de Epidemiologia da Secretaria de Estado da Saúde, os três óbitos que foram descartados para Covid-19 positivaram para os vírus da influenza A e B, que estão circulando no estado. No caso da Influenza A e B, o paciente tem sintomas que incluem febre, prostração e dores no corpo, que se estendem entre três e sete dias, com possibilidades de desenvolver um quadro pulmonar.

Para fazer a análise do Painel Respiratório e Covid-19, são utilizadas amostras de secreção do nariz e da garganta do paciente. A coleta é feita com hastes de plástico, que tem um material parecido com algodão nas pontas. Depois, essas hastes são colocadas em um tubo, que tem toda a identificação dos pacientes.

Os técnicos realizam primeiramente o Painel Respiratório (Influenza-A, Influenza-B, Metapneumo, Sincincial Respiratório, Parainfluenza 1, 2 e 3 e Adenovírus). Só após a negativação desse exame, ele é testado para o Covid-19.

“O Lacen está trabalhando em sua capacidade máxima para atender a demanda, que aumentou muito nos últimos dias”, afirma o secretário Florentino Neto.

Hérlon Moraes (com informações da Sesapi)

Notícias relacionadas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais