23.2 C
Piauí
17 de junho de 2019
Cidades em Foco
Geral Piauí

Suspeito diz que matou vendedor de lanche porque foi xingado

O  Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa  (DHPP) cumpriu, nesta quarta-feira (12), mandado de prisão preventiva contra Antônio Carlos Pereira de Sousa. Ele é suspeito de assassinar o vender de lanches Antônio da Costa e Silva Neto no último dia 26 de maio.

O crime foi praticado em uma noite de domingo enquanto Antônio da Costa vendia lanches na porta de casa, no bairro Extrema, zona Sudeste. A vítima foi morta com golpes de machado na cabeça.

O delegado Jarbas Lima, do DHPP, conta que em  depoimento, o preso confessou o homicídio e diz que cometeu crime após um discussão. Os dois eram vizinhos.

“Durante o seu interrogatório Antônio Carlos confessou a prática do homicídio e alegou que é usuário de drogas (crack), e que no momento do fato estava drogado e discutiu com a vítima, que, segundo ele, supostamente teria lhe xingado”, disse o delegado.

O suspeito estava desaparecido desde o dia do crime.  O Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa disponibiliza o número 181 para denúncias anônimas.

Antônio Carlos Pereira de Sousa será indiciado por homicídio duplamente qualificado por motivo fútil e impossibilidade de defesa da vítima.

Fonte: Izabella Pimentel / CidadeVerde

Notícias relacionadas

Ministro garante liberar R$ 900 mil ao Parque; Niède pede criação de fundo

Junior Oliveira

Criança filha de jacobinense morre após ser internada em Hospital de Picos

Junior Oliveira

Homologada candidatura de Ricardo Gonçalves à reeleição em Santana

Junior Oliveira

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Se você está de acordo, continue navegando, aqui você está seguro, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais