Tanque de oxigênio líquido é instalado no Hospital Regional Justino Luz

Tanque de oxigênio líquido com capacidade para 7 mil metros cubicos. foto: M. Nilza

Desde de julho de 2016, o Hospital Regional Justino Luz, sob a direção de Valério Azevedo, diretor geral, e Vinícius de Castro, diretor administrativo, passa por várias transformações no sentido de melhorar o atendimento. Um dos primeiros passos da nova gestão foi, após perceber a carência energética do órgão, a compra de um transformador de energia (500 KVA) que vai suprir a demanda do hospital.O Objetivo com a aquisição desse aparelho foi solucionar as possíveis quedas de energia enfrentadas pelo hospital, principalmente em momentos que alguns aparelhos são usados em serviço de saúde prestado a população do município.
E as mudanças não param por ai, outro passo importante foi a aquisição de oxigênio líquido, neste caso foi feita a licitação e agora já foi instalado o tanque de oxigênio que vai facilitar a demanda por todo o espaço da unidade de saúde. “A vantagem maior do oxigênio líquido é, primeiro por ter uma garantia maior na distribuição por toda a rede no hospital. Este oxigênio vai atender todos os setores e principalmente as UTIs e, segundo por ser mais econômico” explica Vinicius Castro, diretor administrativo.

Obra da subestação de energia

Segundo Vinicius, estas não foram as únicas ações de melhorias na estrutura. Também foram realizadas e continuam sendo feitas intervenções na parte interna do órgão, como as reformas de cozinha e refeitório, banheiros, vestiários masculinos e femininos, ala de repouso dos profissionais e além disso, também a climatização da pediatria e outros projetos que estão sendo viabilizados como pinturas, troca de piso e climatização de enfermaria. “A direção tem trabalhado para melhorar cada vez mais a estrutura do hospital e, com o apoio do secretário estadual de saúde, Francisco Costa, as mudanças estão surgindo, logo entregaremos a recepção toda reformada, com ambulatórios individualizados, junto com a UTI adulto com 10 leitos, e também a ampliação de leitos de todas as enfermarias. Temos uma previsão para 170 leitos. O governo do estado junto com a Secretaria de Saúde está dando uma atenção especial ao Justino Luz” afirma Vinícius Castro.

Conclusão da reforma da cozinha do HRJL.

O diretor também afirma que as obras da Unidade de terapia Intensiva (Uti Neonatal), da Casa de Apoio à Gestante e do Centro de Parto Normal serão retomadas e entregues logo após a inauguração da UTI adulto que será feita a no mês de maio.


Maria Edilene Oliveira na sala de espera da obstetrícia. foto: M. Nilza

Para quem é usuário da pediatria sentiu as mudanças, como Edilene Amorim Oliveira, 26 que está à espera do segundo filho e procurou o Justino Luz para passar pela obstetrícia, pois já está com 41 semanas de gestação. Ela sempre utilizou os serviços do hospital, tanto para ela quanto para o primeiro filho de três anos. “ O atendimento aqui na pediatria é ótimo, e agora melhorou mais com a instalação do ar condicionado”, disse Edilene.

Abastecimento de oxigênio líquido
O tanque com capacidade para 7 mil metros cubricos vai abastecer toda a rede de oxigênio do HRJL
Compartilhar:

Por: Maria Nilza

Formada em Letras/Francês UFG. Cursou Teatro- Agepel-GO, Cinema-Barretos Filmes-Sp. Especialização em Língua Espanhola-Uespi. Comunicação Social/jornalismo e Relações publicas- 5°período-Uespi.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *